Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio batem recorde de ocupação de hotéis e pousadas

Miguel Pereira, Vassouras, Valença/Conservatória e Paraty também registraram bons resultados de ocupação, entre as cidades do interior

A cidade de Arraial do Cabo lidera o ranking na ocupação de quartos, segundo pesquisa do setor hoteleiro / Divulgação

O feriadão de São Sebastião, que acontece entre os dias 20 e 22, está sendo um presente para a rede hoteleira fluminense, em especial para os estabelecimentos do interior do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com um levantamento realizado pela Associação Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) divulgado, nesta quinta-feira (19), a média de ocupação de quartos nos hotéis e pousadas do interior é de 85,91%. No ano passado, a taxa média de ocupação ficou em 73,32%, para o mesmo período.

O relatório da ABIH-RJ verificou ainda que, somente para este final de semana, foram reservadas 70% das acomodações de hotéis e pousadas nos municípios interioranos.

Em virtude das altas temperaturas do verão fluminense, as cidades litorâneas foram as que apresentam as melhores taxas de ocupação. Com Arraial do Cabo na liderança, com 99,50% de leitos ocupados; seguida de Armação de Búzios e Cabo Frio, com com 91,10% e 90,40%, respectivamente. Angra dos Reis e Rio das Ostras registraram taxas de ocupação semelhantes, com 90,30%.

Outras cidades do interior do Estado também alcançaram bons resultados de ocupação de quartos. Miguel Pereira atingiu 90,20% de ocupação; Vassouras e Valença/Conservatória 89,50% e 89,20%; Paraty teve 86% de ocupação; seguida de Petrópolis e Macaé, com 85,30% e 85,20%, das reservas realizadas. Por fim, as cidades serranas de Teresópolis, Nova Friburgo e Itatiaia/ Penedo registram 76,20%, 70,10% e 69,90% de taxa de ocupação, respectivamente.

O presidente da ABIH-RJ, Paulo Michel, comemorou os resultados, destacando que as cidades do interior tendem a registrar um aumento das reservas de hotéis e pousados por oferecerem mais do que belas praias.

“As cidades litorâneas da Região dos Lagos estão na liderança, o que era esperado, pois estamos no verão. Mas o interior do Estado do Rio oferece mais do que belas praias. Acreditamos que essa ocupação aumentará ainda mais, podendo chegar na média geral de 90%”, declarou Paulo Michel.

As informações são do Portal Nova Friburgo em Foco.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui