Artista de rua passa a ser Patrimônio Cultural Imaterial do RJ

Nova lei, de autoria da deputada Verônica Lima, foi sancionada pelo Governo do Estado e publicada em Diário Oficial nesta quarta (29/11)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa - Foto: Reprodução

O Governo do Rio de Janeiro sancionou uma lei que declara o artista de rua como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado.

A medida, número 10.189/23 e de autoria da deputada Verônica Lima (PT), foi publicada em Diário Oficial nesta quarta-feira (29/11).

A nova lei autoriza que o Poder Executivo, por meio de seus órgãos competentes, apoie as iniciativas que visem à valorização e à divulgação do trabalho dos artistas de rua.

”Para além da individualidade do artista de rua, eles se inserem nos movimentos mais amplos que fazem da rua um lugar social e político, após décadas de declínio social e moral do espaço público. Retomando atividades artísticas neste espaço, busca-se romper com a indiferença e a tecnicidade ali presentes”, afirmou Verônica.

Advertisement

Leia também

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

‘Guadalupe’, ‘Lobo Júnior’, ‘Fiocruz’ e mais: confira os nomes das 20 estações do BRT Transbrasil

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Artista de rua passa a ser Patrimônio Cultural Imaterial do RJ

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Artista de rua passa a ser Patrimônio Cultural Imaterial do RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui