ArtRio 2023 começa nesta quarta na Marina da Glória

13ª edição do evento acontece de 13 a 17 de setembro. Conheça a programação completa.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Mole art Carla Chaim Galeria Raquel Arnaud Foto: Divulgacao

Em 2023, a ArtRio cresce em espaço oferecendo mais conteúdo para todos os visitantes, programação diversificada e cerca de 75 galerias e instituições de arte. O evento acontece de 13 a 17 de setembro, na Marina da Glória, onde ocupará um espaço 25% maior em comparação com o ano anterior. Além da excelência no conteúdo de arte e na discussão de temas atuais e relevantes do setor, esse ano, a ArtRio reforça seu compromisso com a conscientização e as atividades focadas em sustentabilidade, desde a montagem do evento e com uma série de ações voltadas para a redução de impacto.

Desde sua 1ª edição, em 2011, a proposta da ArtRio sempre foi ser uma grande plataforma, com um calendário anual, levando conhecimento e o contato com a arte a diferentes públicos, tanto incentivando a visitação de museus, galerias e instituições como também realizando ações em espaços diversos. 

A ArtRio tem, entre seus compromissos, buscar sempre ações e atitudes que foquem em um mundo e uma sociedade, mais justo e inclusivo, e atua seguindo práticas de sustentabilidade para redução de impacto no meio ambiente. A arte é nossa plataforma de linguagem, e a arte sempre foi um importante canal transformador e propagador de novas ideias. Queremos, ao atuar dentro desse mercado, dar cada vez mais espaço e visibilidade para essas importantes mudanças e atitudes”, posiciona Brenda Valansi, presidente da ArtRio. 

Para a semana da feira, a organização tem a confirmação da presença de mais de 100 colecionadores e curadores convidados, de fora do Rio de Janeiro, incluindo visitantes de países como Estados Unidos, Panamá, Suíça, Paraguai, Espanha, Peru, Dinamarca, França, Turquia, Bélgica e Itália. A programação inclui ainda visitas a museus e instituições, galerias, ateliês e coleções privadas. Esta ação faz parte do projeto Collectors Program, apoiado pela PRIO.

Advertisement

O espaço estará divido em TERRA, no pavilhão central da Marina da Glória, e o pavilhão MAR, espaço que teve sua área expandida na esplanada com um projeto desenvolvido pelo arquiteto Pedro Évora. Também foi criado um Jardim das Esculturas, com obras de maior escala.

O Comitê Curatorial da ArtRio 2023, responsável pela seleção das galerias participantes, é formado pelos galeristas Alexandre Roesler (Galeria Nara Roesler), Antonia Bergamin (diretora da Galeria Galatea), Filipe Masini e Eduardo Masini (Galeria Athena), Gustavo Rebello (Gustavo Rebello Arte), e Juliana Cintra (Silvia Cintra + Box 4).

O Instituto Cultural Vale está junto com a ArtRio valorizando a arte contemporânea brasileira. Além de patrocinadores, apresentamos o Prêmio Foco, que reconhece artistas visuais com até 15 anos de carreira, e as Conversas ArtRio, que reúnem convidados para falar de temas como liberdade criativa, identidades e arte como transformação social. Nesta edição, trazemos também, do Maranhão,  a exposição ‘Mestre Honório’, em que o Centro Cultural Vale Maranhão mostra a força da cultura regional, sempre como uma forma de contribuir para um cenário cultural mais diverso e potente”, diz Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale. 

A PRIO, movida pela inovação, ousadia e pelo inconformismo, compartilha uma visão mais ampla de enriquecer a vida das pessoas por meio da arte e da educação. E parcerias com eventos representativos, como a ArtRio, estão alinhadas ao nosso propósito de inclusão social e cultural, estendendo toda influência positiva das artes para além das paredes da galeria”, afirma Gabriel Hackme, gestor de Projetos Incentivados e Patrocínios da PRIO.

Jardim das Esculturas

Uma grande galeria de arte a céu aberto, apresentado pelo Shopping Leblon, com obras de grandes dimensões, em diferentes suportes, de artistas modernos e contemporâneos. Os trabalhos vão dialogar com o cenário da Baía de Guanabara e, também, com os visitantes, estimulando novas maneiras de se ver e interagir com a arte.

Artistas e galerias presentes: Ascânio MMM (Silvia Cintra + Box 4), Jeane Terra (Anita Schwartz Galeria de Arte), Marcelo Cidade (Galeria Vermelho), Zé Carlos Garcia (Portas Vilaseca Galeria), entre outros.

MIRA

Programa dedicado a videoarte. Em seu sétimo ano, o programa tem pela primeira vez curadoria da Cinemateca do MAM. Na seleção da mostra, intitulada “Deslocamentos”, estão obras de artistas visuais e realizadores, que abordam as relações e interações entre os campos artísticos do cinema e das artes visuais.

De quarta (13/09) a sábado (16/09), no Pavilhão MAR.

Conversas ArtRio

Realizadas durante a ArtRio no Palco Instituto Cultural Vale, no pavilhão MAR. O programa convida curadores, artistas, colecionadores e críticos de arte, para participar de mesas de conversas com o público, abordando temas contemporâneos sobre artes, curadoria, colecionismo e mais.

14/09 – Quinta-feira

  • 15h – O Feminino na Arte, com a curadora Ana Carolina Ralston e a artista Laura Mattos

O encontro entre Ana Carolina Ralston e a artista Laura Mattos se dá por um dos veios da pesquisa de ambas: o feminino na arte. Enquanto Ana Carolina, como curadora, dedica-se à pesquisa sobre a natureza, o feminino e a tecnologia, em suas propostas expositivas, Laura Mattos estabelece a casa como o cenário natural e seus vestuários como figurino das questões existenciais contemporâneas.

  • 16h30 – MAM 75 anos – histórias de um museu

A curadora Denise Mattar, o artista Vicente de Mello e o diretor artístico do MAM Rio Pablo Lafuente conversam sobre alguns dos acontecimentos, experiências e projetos que marcaram a história do museu desde sua fundação em 1948 até o presente.

  • 18h – Desvendando o papel dos curadores – guiando a experiência artística nas galerias, com a curadora Fernanda Lopes e o sócio fundador Galeria Athena, Filipe Masini

A presença dos curadores tem sido considerada cada vez mais essencial na moldagem da experiência artística dentro das galerias. Fernanda Lopes e Filipe Masini irão discutir essa atual tendência do mercado, como é o caso da Galeria Athena, em que ambos atuam em conjunto.

15/09 – Sexta-feira

  • 15h – Origens da cultura – A produção maranhense, com os artistas Mestre Honório e Silvana Mendes, e mediação de Gabriel Gutierrez

Conversa sobre a produção de Mestre Honório (mestre careteiro e brincante de Cazumba, uma das personagens da festividade junina) e da artista Silvana Mendes, que trabalha questões raciais, territoriais e políticas de afirmação. Mediação de Gabriel Gutierrez, diretor do Centro Cultural Vale Maranhão.

  • 16h30 – “Preencher o silêncio” – uma conversa sobre a produção de André Griffo

O curador Raphael Fonseca, o poeta e escritor André Capilé e o designer Felipe Chodin conversam com André Griffo sobre a realização do primeiro livro do artista fluminense.

  • 18h – Frans Krajcberg – “Ao acordar a natureza estava preta e branca”

O galerista Max Perlingeiro e a curadora e professora Galciani Neves apresentam os processos de organização da mostra do artista na Pinakotheke e do catálogo que atualiza seu legado e a força de sua luta em prol do meio ambiente.

16/09 – Sábado

  • 15h – “O artista e suas múltiplas possibilidades no campo cultural”, com o curador Ademar Britto e os artistas Panmela Castro, Mariela Scafati e Jaime Lauriano

Responsável pela curadoria da 12ª edição do programa SOLO, que traz projetos originais dedicados a um único artista, Ademar Britto recebe Panmela Castro, Mariela Scafati e Jaime Lauriano para uma conversa sobre o papel do artista e suas múltiplas possibilidades no campo cultural.

  • 16h30?- Conversas: “Artista livre é pleonasmo”, com os artistas Victor Arruda e Daniel Senise, e mediação de Nathalia Lavigne

Tema bastante presente na obra de Victor Arruda, como aparece na frase estampada em um de seus trabalhos (“Artista livre é pleonasmo”) – este é um dos fios condutores da conversa entre os dois artistas, com mediação da pesquisadora e curadora Nathalia Lavigne.

  • 18h – Projeto Múltiplos Inhotim apresenta Panmela Castro e Arjan Martins

Na terceira edição do Múltiplos Inhotim, dois novos artistas que estão com trabalhos em exibição no Instituto participam do projeto, que, além de fomentar a produção artística e o colecionismo, contribui para a manutenção do Inhotim.

17/09 – Domingo

  • 15h?- “A influência do Carnaval na arte contemporânea” com Marina Vergara, Jorge Silveira, Mulambö e mediação de Leonardo Antan

Proposta pelo projeto No Barracão e o Carnavalize, a mesa vai discutir o contato entre o universo das escolas de sambas e das “artes institucionalizadas”, a partir dos trânsitos e influências entre esses campos. Com os artistas e carnavalescos Marina Vergara e Jorge Silveira e o artista Mulambö. Com mediação de Leonardo Antan, historiador da arte, curador e escritor. 

  • 16h30?- “Qual a responsabilidade da instituição na manutenção da arte feita por pessoas Trans”, com Indianarae Siqueira e Vicenta Perrotta, e mediação de Mariana Paes

Em 2023, o Ateliê TRANSmoras e a CasaNem participam do programa Expansão da ArtRio. As presidentes e fundadoras Indianarae Siqueira e Vicenta Perrotta trazem uma discussão abrangente sobre a presença trans e o impacto das pessoas LGBTQIAPNB+ na arte contemporânea.

Lançamentos de livros

Em 2023, a PRIO terá um lounge, no Pavilhão MAR, para lançamentos de livros, encontros com autores, artistas curadores e críticos de arte.

14/09 – Quinta-feira

  • 15h30 – Lançamento do livro “Camille Kachani, o exílio como motor da obra”, de autoria de Paulo Herkenhoff, e bate-papo do curador e crítico de arte com o artista

Publicação reúne trabalhos produzidos ao longo da trajetória de 30 anos de carreira de Camille Kachani, acompanhadas de um ensaio do curador e crítico Paulo Herkenhoff, que reflete sobre o trabalho da artista a partir de um olhar envolvendo filosofia, linguística, psicanálise, ciências políticas e religião.

  • 17h30 – Lançamento do livro “Bem-Vindo (ao Rio) / Welcome (to NYC)” de Marcos Chaves

A conversa entre Marcos Chaves, Maria Lago, editora e fundadora da Familia Editions, e Camila Bechelany, curadora da Galeria Nara Roesler sobre o livro-obra do artista.

15/09 – Sexta-feira

  • 16h – Bate-papo com as duplas de artistas e curadores e lançamento dos livros da Coleção Subúrbio Singular: Jovens Artistas Contemporâneos

A coleção inaugura com três livros inéditos e dedicados ao trabalho dos artistas Ana Hortides, Andréa Hygino e André Vargas, que, respectivamente, acompanham um texto crítico dos curadores Pollyana Quintella, Raphael Fonseca e Silvana Marcelina.

  • 17h30 – Lançamento do livro “Volume 3” de Raul Mourão e bate-papo do artista com o curador Eucanaã Ferraz sobre seu processo de trabalho

Volume 3 é a terceira edição do LIVROREVISTA de Raul Mourão, que apresenta os principais registros do percurso expositivo do artista entre 2018 e 2022. A publicação conta com textos críticos que estabelecem um panorama sobre sua produção em diálogo com questões estéticas, sociais e políticas.

16/09 – Sábado

  • 16h – Lançamento do Livro “Hackeando o Poder: Táticas de Guerrilha para Artistas do Sul Global” e Bate-Papo com Carollina Lauriano, Isabel Portella e Priscila Rooxo, e mediação de Maybel Sulamita

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp ArtRio 2023 começa nesta quarta na Marina da Glória
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 ArtRio 2023 começa nesta quarta na Marina da Glória
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui