Assembleia dos rodoviários declara estado de greve e motoristas de ônibus podem paralisar atividades

Sindicato pede que o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro cobre a Rio Ônibus para que os valores referentes a reajustes salariais sejam efetivados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Daniel Martins/Diário do Rio

Após uma assembleia geral, realizada nesta terça-feira, 14/03, o Sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro decidiu estado de greve e motoristas de ônibus podem paralisar as atividades caso o reajuste salarial, definido em uma Convenção Coletiva (CCT), não seja pago. Segundo os trabalhadores, a CCT definiu pagamento referente a 2021-2022, cuja inflação ficou em quase 12%.

Ainda de acordo com os rodoviários, os empresários estão se recusando a fazer o pagamento. O Sindicato pede que o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) cobre a Rio Ônibus para os valores sejam efetivados. Até o momento da publicação desta matéria, nenhuma data foi definida pelo Tribunal.

“Como nossa CCT foi fruto de negociação na Justiça do Trabalho, o Sintrucad-Rio entrou no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no dia 27/2, com um pedido urgente de Mediação Pré-Processual para que o Rio Ônibus seja obrigada a cumprir a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria”, afirma o Sindicato, em nota oficial.

Sebastião José, presidente do Sintrucad-Rio, afirmou que “estamos aguardando a Justiça do Trabalho, fiadora do acordo que resultou em nossa Convenção Coletiva. Se os rodoviários forem tratados com descaso, certamente reagirão à altura e outros serão os responsáveis pelas consequências. O Sindicato está trilhando todo o caminho do diálogo, tentando negociar e resolver. Espero que nossa categoria seja tratada com respeito”.

Advertisement

Leia também

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

Polícia Militar planeja ampliar sistema de reconhecimento facial para 650 câmeras no RJ

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Assembleia dos rodoviários declara estado de greve e motoristas de ônibus podem paralisar atividades

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui