Foto: Reprodução/Internet

Por meio de um vídeo publicado nas redes sociais nesta quarta-feira (05/08), a secretária de Educação da cidade do Rio de Janeiro, Talma Romero Suane, informou que o retorno das aulas na rede municipal de ensino só acontecerá quando houver uma autorização oficial por parte da Secretaria de Saúde e do Comitê Científico. Ela esclareceu que, a partir da próxima segunda-feira (10/08), as escolas, ocupadas pelos seus respectivos gestores, começarão a receber um trabalho de manutenção, a fim de deixar tudo preparado, seguindo as ”regras de ouro” da Prefeitura, para quando as atividades forem liberadas para serem retomadas. Talma também fez questão de ressaltar que ainda não há uma data especifica projetada para a volta dos alunos.

Secretária Municipal de Educação esclarece que não há data definida para a volta às aulas na rede municipalA Secretária Municipal de Educação, Talma Romero Suane, alerta que qualquer informação acerca da volta às aulas na rede municipal só deverá ser considerada quando encaminhada oficialmente pela SME. O material que está circulando nas redes sociais é apenas um planejamento interno para debate com integrantes do Grupo de Trabalho, que tem representantes de setores ligados à comunidade escolar e à sociedade civil. CABE ESCLARECER, MAIS UMA VEZ: em relação ao retorno das aulas, a Prefeitura informa que NÃO HÁ AINDA DATA CONCRETA para a retomada nas escolas da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro.Aproveita para também esclarecer: a Prefeitura do Rio reafirma, insiste, repete que NÃO DETERMINA NEM REGULA DATA DE RETORNO para a retomada das aulas nas escolas da rede privada do Rio de Janeiro. A autorização, conforme o prefeito Marcelo Crivella já declarou e explicou em coletivas para a imprensa, é da parte da Vigilância Sanitária a que cabe à Prefeitura do Rio. A SEEDUC, pelo Estado, regula como achar adequado o retorno, assim como os representantes das escolas privadas.O prefeito Marcelo Crivella já explicou para a imprensa que as datas publicadas no Diário Oficial são APENAS PREVISÕES, que podem ser alteradas, de acordo com o monitoramento das curvas de contágio da Covid-19, analisadas pelo comitê científico da Prefeitura.Assim que tivermos novidades sobre o assunto, informaremos à imprensa.

Publicado por Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro em Quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Ainda na publicação, a Secretaria Municipal de Educação ressaltou que, em relação às escolas da rede privada, a Prefeitura do Rio não interfere na retomadas das aulas, com isso ficando a cargo da esfera estadual e dos próprios representantes dos colégios particulares.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui