Avenida de Duque de Caxias vira palco de uma perigosa corrida de cavalos

Nas imagens é possível ver que os animais, em boas condições físicas, foram preparados para o evento, com direito a proteções na cabeça e nas pernas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Reprodução

A Avenida Governador Leonel de Moura Brizola, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi palco de corrida de cavalos, na noite desta quinta-feira (17). Um vídeo, que circula na internet, mostra dois animais puxando carroças em alta velocidade, guiadas por uma condutor cada uma. A Polícia Civil abriu uma investigação para apurar a surpreendente “corrida de bigas”.

Nas imagens é possível ver que os animais, em boas condições físicas, foram preparados para o evento. Os cavalos usavam proteção na cabeça e nas pernas, com cores diferenciadas: branca e vermelha. A corrida foi acompanhada por vários motociclistas, inclusive pela contramão.

Segundo o jornal O DIA, a postagem o original do vídeo teria sido feita em um perfil no TikTok. Na rede social, o vídeo registrou mais de 170 mil visualizações.

Entre os internautas, a “corrida de bigas” no asfalto gerou reações contraditórias. Alguns usuários da rede acharam engraçada a situação. Mas houve quem destacasse que atividade impunha maus-tratos aos animais, além de representar para perigo para todos os envolvidos.

Advertisement

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) informou ao jornal fará uma análise do vídeo para tomar as providências cabíveis. Nenhum autor da corrida de cavalos foi identificado até o momento.

As informações e as imagens são do jornal O DIA.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Avenida de Duque de Caxias vira palco de uma perigosa corrida de cavalos
Advertisement

8 COMENTÁRIOS

  1. E bem exótico uma corridas dessas aqui no RJ , o mais curioso e que os animais estão bem tratados e com alguma proteção caso de algo errado o resto parece que foi tudo pensado até as bigas , Agora a ideia esta dada só falta um empresario ou o próprio governo ou o Jockey Clube comprar a ideia e ver o que da.

  2. Me Aponte onde houve mais tratos ali??? Esses animais são mais bem tratados que muita criança, da pra ver no brilho do pelo e no porte físico que se gasta muito dinheiro com eles, isso é diversão pra eles, não se vê um chicote pra incentivar a correr. O único problema está no fato de ter sido feito um evento em via pública sem autorização, fora isso não existe mais tratos algum!!! Parem de mimimi e problematizar tudo!!!!
    Há e o nome disso é corrida de suki!

  3. pow! maneiro!! o jockey clube podia ter uma categoria assim! igual as corridas de biga na Roma antiga! ia ser um sucesso e o jockey ia faturar mais!

  4. Essa prática tem em todo lugar aqui no Rio de janeiro o problema é que não tem nenhuma autoridade que impeça a exploração desses animais.
    São maltratados explorados dia e noite como eu já vi.

  5. Que arrumem um show em Caxias para o público que goste de animais. O prefeito do município e o governador Cláudio Castro poderiam em parceria fazer uma pesquisa com cariocas e ver se tem tanta gente curiosa ou que já goste do tipo de evento. Mundo afora explora de tudo para angariar fundos as cofres públicos. Que tivesse uma feira com doações de animais, vaquejada, touro mecânico, corrida de cavalos e de bigas. Uma evento grande. Acho que o Rio de Janeiro perde muita chance de ganhar verba e deixar seus ilustres moradores felizes com mais opções de lazer. A pista é realmente para veículos. Sabemos disso. Mas já partir para força policial sem uma abordagem inteligente é absurdo. Mais eventos nos municípios fluminenses. A população só s trancafia em casa por medo da violência crescente. Bom domingão.

  6. Acho curioso que seja a DPMA e não órgão de trânsito agindo. Que maus tratos a animal tem ali(?) quando inúmeros carroceiros ainda usam animais de tração (e um só para carregá-los e mais materiais).

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui