Azul terá ponte aérea entre Congonhas e Aeroporto de Jacarepaguá

O voo entre Jacarepaguá e Congonha terá 1h20m de duração, o tempo de viagem entre a Barra e Santos Dummont chega a uma hora

No mês de outubro, a Azul vai ampliar a oferta de voos na cidade do Rio de Janeiro com a abertura de mais uma base no aeroporto de Jacarepaguá, situado na zona oeste da capital carioca. Com o início das operações, a companhia contará com seis bases no estado do Rio de Janeiro, contando com os aeroportos de Santos Dumont, Galeão, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes e Macaé. 

De Jacarepaguá, a Azul ofertará voos diretos para o aeroporto de Congonhas, em São Paulo com a aeronave Cessna Grand Caravan. Cada viagem terá apenas uma hora e vinte minutos de duração, tão rápido quanto a operação de um jato. O voo inaugural será no dia 31 de outubro, com uma abundante oferta de voos durante o dia, iniciando às 6h40 e encerrando às 21h10. Com isso, a Azul se firma ainda mais no Rio de Janeiro como a maior empresa a operar no estado em número de voos e destinos. 

De acordo com o diretor de Relações Institucionais da Azul, Fábio Campos, esta será uma ótima opção para economia de tempo já que o deslocamento entre o Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, até a Barra da Tijuca, na zona Oeste carioca leva em torno de uma hora. 

“Este voo é mais um resultado de um trabalho da Azul em parceria com o Governo do Estado, que busca desenvolver a aviação no Rio. São voos como o anunciado hoje que trazem mais desenvolvimento econômico e social para o estado, além de gerar mais empregos. Nas próximas semanas, poderemos anunciar mais boas notícias para os cariocas e para os turistas que elegem as belezas do Rio de Janeiro como destino. Ao comemorar mais uma boa notícia, gostaríamos de agradecer ao governo do estado pelo trabalho que estamos desenvolvendo”, afirmou o executivo. 

Para o secretário de turismo do Rio, Antônio Mariano, “A conexão direta entre aeroportos, mesmo os pequenos, trazem vantagens para todos no entorno, mas principalmente ao passageiro. Além do mais, mostra um fortalecimento do mercado carioca, prova de que nossa economia está muito melhor que o esperado“.

As passagens para as novas bases da Azul já estão disponíveis para vendas, desde terça-feira, 20/9, através do site www.voeazul.com.br e em todos os canais oficiais da companhia. Em uma busca rápida, a passagem está custando por volta de R$ 540.

Confira, a seguir, a programação de voos da Azul de Jacarepaguá para Congonhas*: 

Advertisement

6 COMENTÁRIOS

  1. O turboelice Atr42-600 pousa fácil em jacarepagua pois usa apenas 800 metros de pista para decolar e aterrisar , pista de Jacarepaguá tem apenas 900 metros ,Com uma capacidade de 53 passageiros , no futuro próximo veremos muita aeronave ATR42 fazendo a ponte aérea Rio/São Paulo. Moradores da Barra da Tijuca apenas precisarão de 10 a 15minutos de sair do aeroporto e abrir a porta de sua moradia.

  2. fala sério! melhor ir de buzzer! muito mais confortável! isso aí deve fazer um barulho horrível e tremer mais que o BRT! não deve ter estabilidade alguma! vai chegar mais cansado do que saiu! isso aí só é bom pra saltar de paraquedas! rsrs

  3. tô imaginando a tremedeira e o barulho que deve ser um avião desse.. se num jato já tem turbulência.. imagina um turbohelice mono motor.. não deve ter estabilidade alguma.. só deve ser bom pra saltar de paraquedas mesmo.. rsrs..

  4. Usar o aeroporto de Jacarepaguá para ponte aérea é o fim da picada. É a ANAC, aparelhada por paulistas, sacaneando o Rio. É preciso lutar em Brasília contra esse ato. E o missivista acima acertou na mosca: esvaziar o Galeão.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui