Bairro da Freguesia, na Ilha do Governador, ganha 17ª Cozinha Comunitária Carioca

No local, serão servidas 280 refeições de 560 gramas, todas balanceadas e supervisionadas por nutricionistas. É preciso fazer o cadastro para ter direito às refeições

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Roberto Moreyra / Prefeitura do Rio

A Secretaria Municipal de Trabalho e Renda inaugurou, nesta segunda-feira (20), a 17ª Cozinha Comunitária Carioca, no âmbito do Programa Prato Feito Carioca. A região beneficiada foi a Freguesia, na Ilha do Governador, Zona Norte da cidade. Por meio da inciativa, as populações do Dendê; Pichunas; Boavista; Vila Joaniza, Boogie Woogie; Bancários, 200; Tremembé; Budapeste e Sem Terra terão acesso gratuito e regular à comida de qualidade. O equipamento vai funcionar de segunda à sexta-feira, das 11h às 13h. É preciso fazer o cadastro para ter direito às refeições.

“Com a nova cozinha comunitária, estamos ampliando o programa Prato Feito Carioca. Até o fim do ano, vamos inaugurar as unidades de Cosmos e a do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes. Para mim, a inauguração da cozinha na Ilha do Governador tem um sabor especial, já que sou cria daqui e tenho um carinho muito especial pelos trabalhadores que vivem na região em condições de vulnerabilidade alimentar”, celebrou Everton Gomes, secretário municipal de Trabalho e Renda.

No local, serão servidas 280 refeições de 560 gramas, todas balanceadas e supervisionadas por nutricionistas. Na inauguração foram servidos: arroz, feijão, legume e carne picadinha, além de laranja, como sobremesa. A Cozinha Comunitária da Ilha será administrada pela SMTE, em cooperação com o Instituto Socioeducacional Reaprender, do Grupo de Estudos Integrais Demétrius (GEID), instituição filantrópica espírita que há 34 anos desenvolve projetos sociais na Ilha.

“Tenho quatro filhos e minha mãe, que sofre de demência, para alimentar. Como estou desempregada, contamos apenas com o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e a pensão do meu filho de 19 anos. Agora, com a cozinha comunitária, vamos ter comida em casa todos os dias”, contou Fabiana da Costa Barbosa, de 47 anos, moradora da comunidade Sem Terra.

Advertisement

Cleise Elias da Silva, moradora do bairro Bancários, contou que o programa será de grande ajuda na alimentação dos seus cinco filhos, com idades entre três e 20 anos. Cleise, de 34 anos, é cuidadora de idosos, está desempregada e depende do Bolsa Família para sobreviver.

A 17ª Cozinha Comunitária Carioca funciona no térreo do Instituto Socioeducacional Reaprender, na Rua Romancista, nº 96, Freguesia.

Programa Prato Feito Carioca

Destinado às pessoas inscritas no cadastro único da Assistência Social e trabalhadores em situação de vulnerabilidade econômica, o Prato Feito já serviu mais de 2,7 milhões de refeições. Os inscritos do programa também são inseridos nos programas Trabalha Rio e Rio+Cursos, da secretaria de Trabalho e Renda.

As cozinhas comunitárias estão instaladas na Maré, Realengo, Mangueira, Andaraí, Catumbi, Bento Ribeiro, Tanque, Costa Barros, Anchieta, Acari, Recreio dos Bandeirantes, Vila Kennedy, Guaratiba, Campo Grande, Vila Aliança e Nova Sepetiba. E, com a inauguração da nova unidade na Ilha, serão 17 cozinhas funcionando de segunda a sexta-feira na cidade.

Também compareceram à inauguração: Eduardo Cavaliere, secretário municipal da Casa Civil; e Rodrigo Toledo, subprefeito das Ilhas, entre outras autoridades.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Bairro da Freguesia, na Ilha do Governador, ganha 17ª Cozinha Comunitária Carioca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui