Bairro do Caju, na Zona Portuária do Rio, ganha nova Clínica da Família

Antigo hospital fundado por Dom Pedro II é reinaugurado como Clínica da Família e contará com uma equipe de 40 profissionais de saúde beneficiando quase 20 mil pessoas da região, que tem um dos IDHs mais baixos da cidade

Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio de Janeiro inaugurou, nesta quarta-feira (25/1), a Clínica da Família São Sebastião, no Caju, um dos bairros mais antigos da capital. A nova unidade irá beneficiar 17 mil pessoas na localidade. O Hospital original foi fundado pelo Imperador Dom Pedro II. Essa é a segunda clínica da família inaugurada na atual gestão, que também já reformou 186 unidades. O Prefeito Eduardo Paes e o Secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, participaram da inauguração.

“Esse é mais um passo no esforço de reconstrução da atenção básica no município com as clínicas da família. A maioria delas já foi reformada nestes dois anos de governo, mas vamos reformar todas. Esse é um prédio novo, com as equipes de saúde da família completas, e uma parceria com o governo do Estado, que cedeu o prédio para a Prefeitura. Com isso, vamos dando dignidade para a população na medida em que vamos ampliando este atendimento”, afirmou Eduardo Paes.

A recuperação da Estratégia Saúde da Família (ESF) é uma das principais metas da Prefeitura do Rio. Ao final de 2016, o programa tinha uma cobertura de 70% da população carioca e caiu para 39% em dezembro de 2020, quando o município tinha 1.085 equipes da ESF, sendo que 157 delas não tinham médicos. Com a retomada dos investimentos na Atenção Primária, a partir de 2021, a cobertura da ESF chegou a 2023 em 56%, com 1.268 equipes, das quais 1.208 estão completas. É o maior número de equipes de saúde e a menor vacância de médicos.

“O Caju era um bairro que não tinha clínica da família. A unidade é uma homenagem ao antigo Hospital São Sebastião, inaugurado em 1889 para cuidar da epidemia de febre amarela e depois de varíola. A inauguração desta clínica faz parte das metas da gestão do governo Eduardo Paes de recuperar o programa de saúde da família e alcançarmos novamente 70% de cobertura. O programa de saúde da família na cidade do Rio já foi referência nacional e precisamos retomar isso”, disse Daniel Soranz.

Atuante na região há mais de uma década, o ex-subprefeito do Centro Pablo Mello, que é médico, comemorou o fruto de um trabalho de anos. “O bairro do Caju apresenta um dos menores índices de desenvolvimento social e humano da cidade e, através de uma parceria entre o Estado e o Município integrados a partir de ontem, recebeu um equipamento de saúde com 5 equipes de saúde da família e 3 equipes de saúde bucal que vão atender mais de 20 mil moradores da região”. Mello é atualmente suplente de vereador mas iniciou a luta pela melhoria na saúde da região como Diretor da clínica da família Fernando Antônio Braga Lopes, primeira unidade básica de saúde do Caju, permanecendo por mais de 7 anos na sua direção.

Estrutura da Clínica

Na Clínica da Família São Sebastião, que tem o nome do santo padroeiro da cidade, atuarão 40 profissionais de saúde, compondo cinco equipes de saúde da família e duas de saúde bucal. A estrutura é formada por dez consultórios médicos, três odontológicos, sala de vacinas e farmácia. Dessa forma, os usuários terão acesso a atendimento clínico e odontológico, vacinação, testes rápidos, além de prevenção, acompanhamento e tratamento de hipertensão, diabetes, tuberculose, hanseníase, HIV e ISTs. Os pacientes que precisem de assistência especializada ou exames serão encaminhados, via Sistema de Regulação (Sisreg), para unidades de referência.

“Muito bem-vinda essa clínica, a gente estava precisando. Com ela, teremos atendimento para os moradores do bairro”, declarou Teresinha Claudino, de 49 anos, que trabalha com reciclagem na região e confirmou que frequentará a clínica. Já o morador da região, o carpinteiro Antonio Francisco, de 60 anos, comemorou a chegada da clínica da família no bairro do Caju. “Existe muita carência de saúde aqui no Caju. Então essa clínica é muito importante para os moradores. Com certeza vai melhorar muito a vida de todos nós aqui”.

A nova clínica da família funciona na Rua Monsenhor Manuel Gomes, 630, no Caju, de segunda a sexta, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 12h. “Este é mais um equipamento fundamental para a região do Caju, no Centro da cidade. A clínica da família vai ter, como sempre, sua atenção básica, voltada para o morador. A Prefeitura, entrega o equipamento no epicentro do bairro, facilitando o trânsito e o acesso a essa unidade fundamental para o Caju”, disse o subprefeito do Centro, Alberto Szafran.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui