Banda da Zona Oeste vence concurso da Prefeitura e abre primeiro dia de Rock in Rio

Show no palco Rock District foi o prêmio conquistado pela Carminium no JUV Rock Festival, seleção da Secretaria da Juventude que envolveu mais de 200 jovens músicos cariocas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto:Tadeu Goulart / JUVRio

O primeiro dia de Rock in Rio (02/09) começou com o momento de realização do sonho dos jovens músicos da banda Carminium, vencedores do concurso JUV Rock Festival, promovido pela Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) entre os meses de maio e agosto. A seleção realizada pela pasta da Prefeitura do Rio contemplou a participação de 89 bandas e 229 músicos em uma disputa por uma vaga para tocar no palco Rock District. O grupo apresentou canções autorais e covers de grandes ídolos da música, como o Alice in Chains, uma das grandes inspirações da Carminium. Com a presença de fãs, amigos e familiares, a banda celebrou a oportunidade de mostrar o seu trabalho no maior festival de música do planeta, direto da Cidade Maravilhosa.

A performance foi uma das primeiras do Dia do Reencontro, instituído pelo Poder Público para celebrar a marca de um ano do início da flexibilização das medidas sanitárias restritivas contra a Covid-19. Quinze minutos após a abertura oficial dos portões do Rock in Rio, às 14h, a banda de heavy metal alternativo tocava suas músicas, convidando o público que chegava no festival para participar. O vocalista da Carminium, Caudo Feitosa, destacou a importância desse marco para o grupo.

“Esse é um momento muito legal para nós como banda e estamos felizes de a Prefeitura ter dado essa oportunidade. O Rock in Rio é de fato um sonho e nunca ensaiamos tanto quanto fizemos para as seletivas e para a final. E agora não vai faltar suor para que a gente possa um dia voltar para a Cidade do Rock e aproveitar mais uma vez. O underground pode muito e o JUV Rock Festival possibilitou que o subúrbio fosse representado aqui”.

A Carminium tem origem em quatro bairros da zona oeste e norte do Rio de Janeiro: Santa Cruz, Taquara, Irajá e Cascadura. Com letras que falam sobre as impressões do grupo sobre a interação do ser humano e o mundo ao seu redor, a banda tem sido influenciada por artistas internacionais como Alice in Chains, Black Sabbath, Soundgarden, Deep Purple e Gojira, banda que se apresentou no palco Mundo no mesmo dia de Rock in Rio. A banda é formada por Caio Ferreira (baterista), Caudo Feitosa (vocalista e tecladista), Lucas Duarte (guitarrista) e Matheus Campos (baixista). O secretário especial da Juventude Carioca, Salvino Oliveira, esteve no Rock in Rio para prestigiar a campeã do JUV Rock Festival e destacou o papel do incentivo à cultura para os jovens.

Advertisement

“Hoje celebramos a conquista de mais uma oportunidade para os jovens da nossa cidade. A música, para a juventude, é uma importante forma de expressão dos desejos e mudanças que queremos na sociedade. E trazê-los para tocar no Rock in Rio foi algo que sonhamos juntos e que hoje vemos como foi bonito realizar”.

Além de tocar no Rock in Rio 2022, o Carminium ganhou uma gravação no estúdio Toca do Bandido, responsável por discos antológicos de artistas como Gilberto Gil e O Rappa. O som do Carminium pode ser conferido em suas redes sociais (www.instagram.com/carminiumoficial) e nas principais plataformas de áudio.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Banda da Zona Oeste vence concurso da Prefeitura e abre primeiro dia de Rock in Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui