Banquete de Café da Manhã este domingo no Centro terá direito a espumante, além de muita cultura e história

A experiência que mistura música, gastronomia, cultura, turismo e história agora ganha mais glamour: os comensais vão se servir do banquete imperial e terão espumante liberado durante a refeição que precede o passeio que termina numa Missa Solene em Latim

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
A Igreja dos Mercadores, na rua do Ouvidor número 35 ficou lotada no dia da re-inauguração de seu relógio (23/08/2023), que estava parado desde 1922 / Foto de Daniel Martins - DIÁRIO DO RIO

Já vem fazendo parte do calendário cultural e turístico do Rio o Café Histórico do restaurante Sobrado da Cidade, no casarão da rua do Rosário, onde funcionou a Brasserie Rosário durante muitos anos. O evento, que tem se repetido nas manhãs dos finais de semana na região do Arco do Teles e do Paço Imperial, vem recebendo, além de turistas nacionais e estrangeiros, cada vez mais cariocas que vêm lotando a localidade da Praça XV. É mais um atrativo de uma região que reúne um monte de Centros culturais, arquitetura histórica quase intocada, igrejas de fazer inveja à Europa, boemia, uma imensa feira de antiguidades, muitas novidades e com muito policiamento e movimento de pessoas.

Recentemente um vídeo do canal Tesouros do Brasil viralizou, com imagens das lindas igrejas da região do Paço Imperial, tendo recebido quase um milhão de espectadores interessados na beleza da região por onde chegaram Dom João VI e Dona Carlota Joaquina, para inaugurar o Brasil como é hoje.

O programa – uma verdadeira experiência histórica – vai muito além do ato de tomar o desjejum numa região bonita e segura do nosso Centro Histórico: um verdadeiro banquete do século XIX – com receitas da época e até mesmo louça e talheres daquele tempo – é explicado, tim-tim por tim-tim, por uma experiente historiadora especializada em gastronomia. O uso de cada ingrediente passa a ser entendido, assim como a forma de servir, e o porquê de cada coisa. Aprendemos, por exemplo, porque os doces da época levavam tanto açúcar. É uma oportunidade de ter contato com comidas e sucos que não são mais tão comuns hoje em dia, mas que eram os mais usuais nos últimos dias do império.

O evento, que já ocorre todos os finais de semana às 9:30 da manhã desde junho último, ganha agora mais uma novidade, começando no próximo domingo (3/12). A surpresa para os comensais é que será servido espumante durante o grande banquete de iguarias de 150 anos atrás, trazendo mais glamour para experiência que o restaurante promove desde o meio do ano, e que tem atraído turistas de todo o mundo para um multifacetado passeio que mistura história, religião, gastronomia e turismo.

O experimento histórico promovido pelo restaurante não pára na comilança e nem nas taças de champagne. Depois da refeição, uma caminhada de uma hora pela região chamada de “pequena Lisboa” é orientada por um guia e uma especialista. Ao final do passeio, já com os quitutes digeridos, o grupo chega à recém-restaurada Igreja de Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores onde é brindada com música erudita da melhor qualidade, numa performance espetacular do Coral Astorga é Grande Orquestra, enquanto é rezada, em Latim, uma Missa Solene com direito a procissão, coroinhas, flores naturais enfeitando os belíssimos altares do século XVIII e muita prataria sacra.

Advertisement

Leia também

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

O domingo tem sido o dia preferido para participar da experiência, especialmente pelos católicos. Grupos de paróquias da Zona Sul e da Zona Norte já compareceram nas manhãs dominicais, quando é o Padre Victor Hugo Nascimento que reza a missa. Um cantor nato – mesmo a parte normalmente falada da celebração é cantada por ele – o sacerdote aprova as guloseimas. “Recebo sempre uma marmitinha com os doces que são divinos. Mas ainda não provei o Souza Leão, que dizem que é maravilhoso. É para mim uma alegria celebrar a missa para pessoas tão apaixonadas pela beleza da nossa Igreja, que têm enchido nossas celebrações com muita fé”, diz. “É muito bonito ver toda esta região renascendo; Nossa Senhora da Lapa dos Mercadoree, rogai por nós”, completa. Os sermões dele têm atraído católicos ao Centro nos Domingos. E o catecismo católico é claro: a partir de uma hora depois do bolinho delicioso, é permitido comungar.

Serviço

Endereço: Sobrado da Cidade – Rua do Rosário 34 – Centro – Rio de Janeiro

Valor por pessoa: R$ 250,00* No pix ou cartão de crédito.

Reserva e pagamento antecipados.

No máximo 48 participantes por dia

Informações e reservas pelo WhatsApp: 21 97978 4353

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Banquete de Café da Manhã este domingo no Centro terá direito a espumante, além de muita cultura e história

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Banquete de Café da Manhã este domingo no Centro terá direito a espumante, além de muita cultura e história
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui