Bares e restaurantes passam a ser obrigados a oferecer cardápio físico para clientes

A regra vale para todos os estabelecimentos comerciais do mesmo gênero. Os locais ainda podem ter cardápio em QR code, mas sem abrir mão da versão física

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto de Gül I??k: https://www.pexels.com/pt-br/foto/revista-person-holding-2349993/

Foi promulgada pela Prefeitura do Rio a lei 8.224, que determina que bares e restaurante do Rio de Janeiro estão obrigados a oferecer cardápios físicos para seus clientes. A nova regra também vale para casas noturnas, lanchonetes e todos os estabelecimentos comerciais do mesmo gênero. Os estabelecimentos ainda podem ter cardápio em QR code, mas sem abrir mão da versão física.

A lei determina que eles deverão “manter à disposição de seus consumidores a relação de preços dos produtos que vendem em cardápio no formato impresso“.

Os estabelecimentos que descumprirem a norma poderão ser multados em até R$ 2 mil, em caso de reincidência.

Se o estabelecimento for flagrado pela primeira vez sem um cardápio físico, a prefeitura poderá aplicar uma advertência, com notificação ao responsável para providenciar a regularização no prazo improrrogável de trinta dias. Em caso de novo descumprimento, o poder executivo aplicará uma multa de R$ 1 mil. Se o proprietário não resolver o problema, será aplicada uma multa com o dobro do valor original.

Advertisement

Leia também

‘Guadalupe’, ‘Lobo Júnior’, ‘Fiocruz’ e mais: confira os nomes das 20 estações do BRT Transbrasil

Dengue: Ministério da Saúde envia 1º lote de vacinas enquanto RJ intensifica medidas de combate

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Bares e restaurantes passam a ser obrigados a oferecer cardápio físico para clientes

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui