Downtown terá ‘Copa dos Botecos’, com cada bar representando um país que foi para o Mundial do Catar

O evento acontece dos dias 8 a 18 de dezembro

Downtown. Foto: Reprodução

Em edição especial do Botequim Downtown, bares como Porco Amigo, Pavão Azul, Palhinha e Adega do Pimenta representam países que disputam o mundial de futebol, com petiscos trazidos diretamente ou inspirados em suas culinárias típicas; público escolhe o campeão por votação

Na fase decisiva da Copa do Mundo, o Downtown reúne os melhores bares do Rio para outra competição de elite. Com telão para assistir a todos os jogos das quartas-de-final, semifinais e, claro, a grande final, a Copa dos Botecos acontece dos dias 8 a 18 de dezembro, com cada bar representando um país que disputa o Mundial do Catar. Cervejarias de primeira linha completam o Botequim Downtown, que ainda tem DJ e roda de samba todos os dias.

Em vez de escolher um único bar para ver os jogos decisivos, o torcedor estará em vários ao mesmo tempo e poderá votar, por QR Code, em seu petisco preferido, tendo competidores consagrados como Porco Amigo, Pavão Azul e Adega do Pimenta. A grande vantagem é que, ao contrário do mata-mata da Copa do Mundo, não há eliminação: todos estarão até a final.

Iniciada no Downtown em 2018, junto ao Mundial da Rússia, a Copa dos Botecos é ideia de Juarez Becoza, colunista especializado em bares e curador do Botequim Downtown. “Resolvi desafiar alguns dos principais botequins da cidade para uma brincadeira com a Copa do Mundo. Cada um representa uma seleção participante, com um petisco ou sanduíche, salgado que faça parte da gastronomia do país ou que seja inspirado nela”, explica.

Alguns dos “craques” já fazem parte dos cardápios regulares dos bares, como o vencedor da primeira Copa dos Botecos. O Pavão Azul tenta o bicampeonato com suas tradicionalíssimas pataniscas – bolinhos de bacalhau feitos sem batata, que representam Portugal. Mesmo caso do currywurst (salsichas com curry), com que a Adega do Pimenta defende a Alemanha.

Outros foram escalados especialmente para a Copa dos Botecos, caso do Choripan (sanduíche de linguiça e chimichurri), com o qual La Panata joga pelo Uruguai, e de “La Mano de Diós” – matambre grelhado com queijo e tomate feito pelo Porco Amigo para defender a Argentina e batizado em homenagem à ao gol de mão de Maradona contra a Inglaterra, em 1986.

Já eliminado de seus gramados, na Copa dos Botecos, o país-sede Catar segue em campo com o hambúrguer catari, feito pela Hob Hamburgueria em um brioche com molho árabe, queijo emental, cebola crocante e tomate. Criação belga, as batatas fritas com maioneses são a seleção da Bélgica, servida pelo Sheesh! – que também tem sua loja no Downtown.

O Brasil busca seu primeiro título representado pelo bar Palhinha, que serve um brasileiríssimo croquete de carne seca com quibebe de abóbora e com as bolinhas de carne da Academia da Cachaça.

E, se para o Catar, a “Azzurra” tornou a não se classificar, no Downtown a Itália está bem representada na Copa dos Botecos, pela pizza margherita de fermentação natural do Levita Pizza.

Sem competição, as cervejarias também vão da Alemanha (Paulaner, criada em 1634, em Munique, e criadora da primeira doppelbock do mundo) ao Brasil, com marcas premiadas como Noi, Botto Bier e Antuérpia (carioca, com fábrica em Minas Gerais, apesar do nome da cidade belga). Rótulos de países como a Inglaterra são representados pela Confraria Paulistânia, que também tem suas cervejas próprias.

Bares confirmados, petiscos e seus respectivos países representados

Palhinha: croquete de carne seca com quibebe de abóbora (Brasil)

Academia da Cachaça: bolinhas de carne (Brasil)

Adega do Pimenta: currywurst (Alemanha)

Sheesh!: batatas fritas com maionese (Bélgica)

Hob Hamburgueria: hambúrguer catari, com queijo emental e molho árabe (Catar)

La Panata: choripan (Uruguai)

Dos Perros: chilaquile de frango picante com queijo e salsa verde (México)

Costela FC: brisket com queijo (EUA)

Porco Amigo: “La Mano de Díos”, matambre grelhado com queijo e tomate (Argentina)

Lievita Pizza: pizza margherita de fermentação natural (Itália)

Adega do Pimenta: currywurst (Alemanha)

Trip do Vinho: “Dos rojos” (taça de vinho tinto Pata Negra Tempranillo 2019 com tapa de carpaccio rústico de filé) (Espanha)

Pavão Azul: pataniscas, bolinhos de bacalhau fritos sem batata (Portugal)

Seleções de drinks

Browncookie: copinho da Copa – mousse de maracujá, farofinha de cookie crocante e creme de torta de limão (Brasil)

Micro: Improved apple cider (bourbon, xarope de amêndoas, suco de limão e suco de maçã verde) (EUA)

Cervejarias

Antuérpia

Bottobier

Confraria Paulistânia

Labirinto

Motim

Paulaner

Noi

Tio Ruy

Rio Tap Beer House

PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Quinta (08/12)

12h – Flavio Guanabara DJ

18h – Roda de Samba com Monica Mac

Sexta (09/12)

12h – Quartas de Final 1 da Copa

14h – Flavio Guanabara DJ

16h – Quartas de Final 2 da Copa

18h – Roda de Samba com Marquinhos Diniz e Banda Kaviar

Sábado (10/12):

12h – Quartas de Final 3 da Copa

14h – Flavio Guanabara DJ

16h – Quartas de Final 4 da Copa

18h – Roda de Samba com Marquinhos Diniz e Banda Kaviar

21h – Gilsinho da Portela e Bateria Show

Domingo (11/12):

12h – Flavio Guanabara DJ

16h – O Lindário Imperial

18h – Roda de Samba com Branka

Segunda (10/12): intervalo, não haverá o evento neste dia

Terça (13/12):

16h – Semifinal 1 da Copa

Quarta (14/12):

16h – Semifinal 2 da Copa

Quinta (15/12):

12h – Flavio Guanabara DJ

18h – Roda de Samba com Branka

Sexta (16/12):

12h – Flavio Guanabara DJ

18h – Roda de Samba com Marquinhos Diniz e Banda Kaviar

Sábado (17/12):

12h – Flavio Guanabara DJ

15h – Fanfarra Funkstein

18h – Roda de Samba com Marquinhos Diniz e Banda Kaviar

21h – Quintal do Pagodinho com Juninho Thybau, Dunga de Vila Isabel e Alamir do Quintal

Domingo (18/12):

12h – Final da Copa

15h – Flavio Guanabara DJ

18h – Roda de Samba com Monica Mac

(Programação sujeita a alterações)

Serviço
Downtown
Avenida das Américas, 500, Barra da Tijuca
Entrada franca
Pet friendly
Metrô: Jardim Oceânico
BRT: Bosque Marapendi
Uber, táxi e ônibus com pontos na porta
Estacionamento com mais de 3 mil vagas

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. o carioca tem uma qualidade que admiro: sabe inventar moda! rsrsrsrs Uma idéia simplesmente genial para todos se divertirem e os bares ganharem dinheiro. é assim que uma cidade turística deve ser: sempre inovando. e quem sabe esses eventos não entram no calendário turístico? é esperar pra ver.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui