Batalhão de Choque da Polícia Militar começa a ser reformado pelo Governo do Estado

O prédio do Batalhão, que é considerado Patrimônio Histórico e Cultural do Estado do Rio, foi tombado em 2005

Interior do Batalhão de Choque da Polícia Militar / Divulgação

O Batalhão de Choque da Polícia Militar começou a ser reformado, nesta semana, pela Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro (Emop-RJ). A unidade está localizada, no Centro do Rio de Janeiro. A obra está orçada R$ 9,35 milhões e tem prazo de execução de 12 meses.

O prédio, que é considerado Patrimônio Histórico e Cultural do Estado do Rio, foi tombado em 2005. O valor destinado às intervenções na unidade é oriundo do orçamento da Polícia Militar. Serão objeto de atuação: o alojamento, a fachada, o telhado e o rancho.

Outros batalhões da cidade tiverem as suas reformadas iniciadas no mês de agosto, com orçamento total de R$ 16,6 milhões, custeado também pelo fundo da PM. Estão por reforma os batalhões da PM de São Cristóvão (4º BPM), no valor de R$ 2,7 milhões; da Tijuca (6º BPM), R$ 2,3 milhões; e Rocha Miranda (9º BPM), R$ 2,2 milhões.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar é integrado por 950 policiais. O quartel fica na Avenida Salvador de Sá, nº 2, Centro do Rio.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. esses batalhões tinham de ser tombados pelo patrimônio histórico e transformados em museus e/ou espaços culturais, preservando toda essa estrutura antiga. e construir novas e modernas instalações.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui