Bateria do Salgueiro é declarada Patrimônio Cultural Imaterial do Rio

Bateria enérgica e extremamente vibrante, a Furiosa é comandada por Lourival Serra, o Mestre Louro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Mestre Louro / Rede Social da Escola

O Salgueiro, uma das escolas de samba mais populares e queridas do Rio de Janeiro, teve a sua bateria, também conhecida como Furiosa, declarada Patrimônio Cultural Imaterial da cidade. O ato foi publicado no Diário Oficial do Município, nesta quarta-feira (8). A matéria é de autoria do vereador Marcos Braz (PL).

Bateria enérgica e extremamente vibrante, a Furiosa é comandada por Lourival Serra, o Mestre Louro. Durante os ensaios na Zona Norte e durante a sua passagem pela Sapucaí a qualidade da bateria do Salgueiro se impõe de forma inquestionável.

A Escola de Samba, localizada no Andaraí, fará uma homenagem ao povo Yanomami no Carnaval de 2024. O enredo, chamado de Hutukara, é de autoria de Edson Pereira. A palavra indígena significa “o céu original a partir do qual se formou a terra”.

Informações: O DIA

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Bateria do Salgueiro é declarada Patrimônio Cultural Imaterial do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui