Odette Vidal Cardoso, a Beata Odete, nascida no Rio de Janeiro, está em processo de canonização. Ela pode ser a primeira santa do Rio de Janeiro.

Criada em Madureira, Beata Odete era filha dos portugueses Augusto Ferreira Cardoso e Alice Vidal. Nascida em 1930, ela morreu em 1939, aos 9 anos de idade.

Estudou no Colégio Sion, onde tinha aula com freiras. Após a morte de seu pai biológico, Odete passou a viver com muito luxo junto a seu pai adotivo. Francisco Oliveira, padrasto da Beata Odete, era dedicado às obras de caridade e a menina o ajudava.

A fé católica esteve sempre muito presente na vida de Odete. Tanto nas ações de caridade quanto em sua presença constante em eventos religiosos. Ela morreu vítima de paratifo, doença infecciosa de origem bacteriana.

No dia de sua morte, Odete disse: “Eu vos ofereço, ó meu Jesus, todos os meus sofrimentos pelas missões e pelas crianças pobres“.

Beata Odete ganhou fama de milagreira na década de 1970, quando começaram a surgir placas de agradecimento por graças alcançadas.

Em 18 de janeiro de 2013, iniciou-se o processo de beatificação de Odetinha pela Arquidiocese do Rio de Janeiro. Seu túmulo foi aberto e seus restos mortais foram exumados e transferidos para uma urna na Basílica da Imaculada Conceição, onde a menina fez a sua primeira-comunhão.

Agora, o nome de Odetinha está em processo de canonização, que tem três etapas.

O primeiro processo é o das virtudes ou martírio. Este é o passo mais demorado porque o postulador deve investigar minuciosamente a vida do Servo de Deus. Em se tratando de um mártir, devem ser estudadas as circunstâncias que envolveram sua morte para comprovar se houve realmente o martírio. Ao terminar este processo, a pessoa é considerada Venerável.

Já o segundo processo é o milagre da beatificação. Para se tornar beato é necessário comprovar um milagre ocorrido por sua intercessão. No caso dos mártires, não é necessária a comprovação de milagre. Irmã Lindalva passou a ser Venerável em 16 de dezembro de 2006, quando o decreto do seu martírio como serva de Deus foi promulgado. Agora é aguardada a cerimônia da beatificação, já que ela é dispensada de milagre.

A terceira e última etapa é o milagre para a canonização. Este tem que ter ocorrido após a beatificação. Comprovado este milagre o beato é canonizado e o novo Santo passa a ser cultuado universalmente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui