Bebê que teve dedo amputado por erro médico recebe alta em São Gonçalo

Caso segue sendo investigado pela polícia

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Reprodução/Redes Sociais

A bebê Laura de 1 ano e 7 meses que teve o dedo mindinho amputado por erro médico no Pronto-Socorro de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, teve alta nesta quinta-feira (23/03) após mais de uma semana internada.

Lara de Souza deu entrada no pronto-socorro com uma inflamação na testa, causada por uma picada de inseto, e a família acusa a unidade de imperícia.

Durante o atendimento, foi necessária a internação e implementação de um acesso intravenoso para tratamento com antibióticos. Para evitar que a criança mexesse no curativo, a médica responsável pediu que suas mãos fossem enfaixadas.

A técnica de enfermagem responsável pelo procedimento que causou o ferimento na neném afirmou, em depoimento, que o corte aconteceu em um momento em que a menina se mexeu.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Aos policiais, a profissional afirmou que foi um acidente, que a mãe segurou a criança quando a atadura foi retirada, mas a bebê acabou se mexendo. Após receber altas, Lara passará por uma perícia.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Bebê que teve dedo amputado por erro médico recebe alta em São Gonçalo

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui