Foto: Leandro Neumann Ciuffo

Se o Novo ou o PSDB ainda sonhava com uma candidatura do técnico de vôlei Bernardinho em 2022, as esperanças foram bloqueadas. O técnico assumirá a seleção masculina de vôlei da França após a realização dos Jogos de Tóquio. A informação foi divulgada, nesta segunda-feira (12), pela Federação Francesa da modalidade e confirmada pela assessoria de imprensa do treinador, que manterá todos os seus projetos no Brasil, inclusive no Sesc RJ Flamengo, onde comanda a equipe feminina.

Com um acordo prevendo o ciclo dos Jogos de Paris (2024), e a Olimpíada no mesmo, tira qualquer chance dele vir candidato a governador do RJ em 2022 e a prefeito do Rio em 2024, afastando-se ainda mais da carreira política. Ele chegou a flertar com uma candidatura a prefeito em 2016 e 2020 e a governador em 2018.

Chegamos a um acordo e será, sem dúvida um desafio importante. Espero poder contribuir com minha experiência na seleção masculina da França, mas seguirei a maior parte do tempo no Brasil. A prioridade nunca deixou nem deixará de ser os projetos que já tenho em andamento por aqui, como o Sesc RJ Flamengo e todos os demais parceiros. Acredito que essa experiência possa somar bastante em todas essas frentes, levando tudo a um ambiente global, adquirindo uma experiência internacional que possa incrementar as entregas. O objetivo com a França é 2024 [Jogos Olímpicos], mas em todos os outros projetos a expectativa é que sigam adiante. Sempre me dediquei de coração a todos os trabalhos e seguirei assim, com muita vontade de ampliar esses vínculos no Brasil por muitos outros anos”, declarou Bernardinho.

Dirigir a França será um desafio muito grande e sou movido a desafios, todos sabem. Ainda tenho muitos anos pela frente fazendo o que mais gosto, que é treinar equipes e desenvolver pessoas. Eventualmente podemos enfrentar o Brasil, estarei ali trabalhando, normalmente, como muitos outros técnicos já fizeram, e em vários esportes, mas seguirei com meu coração verde e amarelo”, concluiu Bernardinho.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ahhh. Não…
    Tinha gente que contava com ele aqui.
    Kkkk
    Era só o que faltava… Esse pessoal gosta de reerrar…
    Votam no craque Romario, no Bebeto, Luiz Lima… Achando que fez sucesso no esporte vai arrebentar na Política… Idem para os artistas.. Nem em postos nomeados como a outrora nominais “namoradinha do Brasil” Regna Duarte, ou o substituto dela, o Marcelo Frias…
    Cite uma boa ação que esses, ou outros, fizeram(???)

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui