Blocos em Bangu, Urca, Curicica e Engenho de Dentro unem folia à luta antimanicomial

Quatro blocos carnavalescos desfilarão no Rio entre 10 e 16 de fevereiro em prol da causa

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação/Loucura Suburbana

Os blocos ”Zona Mental”, ”Tá Pirando, Pirado, Pirou”, ”Império Colonial” e ”Loucura Suburbana” voltam a desfilar pelas ruas do Rio de Janeiro neste Carnaval. E, além da alegria e do samba no pé que os unem, os quatro são formados por usuários, familiares e profissionais da rede de saúde mental da capital fluminense, que aproveitam a maior festa popular brasileira, com toda sua diversidade, para promover a inclusão e o respeito. Com participação de moradores locais e foliões de toda a cidade, eles integram o circuito oficial da folia carioca. Além de promover a integração com a comunidade, eles dão visibilidade à luta antimanicomial.

O primeiro a desfilar será o Zona Mental, nesta sexta-feira (10/02). A concentração será às 15h na Praça Guilherme da Silveira, em Bangu, com saída prevista para às 17h. Iniciativa do coletivo da rede de atenção psicossocial da Zona Oeste, a agremiação saiu pela primeira em 2017, reunindo ainda estudantes, artistas e moradores do Jardim Sulacap a Sepetiba.

Neste ano, o bloco irá homenagear o craque Marinho, ex-jogador do Bangu e usuário da rede, falecido em 2020. O samba vencedor é de autoria de usuários e profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPSad) Júlio César de Carvalho, em Santa Cruz.

Já o Tá Pirando, Pirado, Pirou abre alas para a loucura no Carnaval do Rio no próximo domingo (12/02), às 15h, na Urca, bairro da Zona Sul que abrigou o Hospício Pedro II, o primeiro da América Latina. Neste ano, o bloco, que nasceu a partir de articulação de trabalhadores e usuários do Instituto Philippe Pinel, em Botafogo, comemora 18 anos e, após o hiato provocado pela pandemia, renderá homenagem aos que partiram. O enredo é ”Gurufim para Recomeçar”, de Munique Matos.

Advertisement

Leia também

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

O bloco ficará concentrado das 15h às 16h, com participações especiais dos cantores Makley Matos, Nina Wirtti e Julieta Brandão. O desfile começa logo em seguida, com o apoio da bateria da Portela. Além do samba escolhido para o Carnaval 2023, serão entoadas canções conhecidas do grande público.

E a animação não para. Às 18h, já em frente ao Pão de Açúcar, o bloco canta seu último samba com carro de som, mas o desfile continua até as 21h, em versão acústica. É que, mantendo a tradição, outros blocos de rua foram convidados a participar do cortejo. Neste ano, são eles o ”Vem Cá Minha Flor” (18h às 19h30) e a ”Sinfônica Ambulante” (19h30 às 21h), promovendo uma grande integração social.

Fundado em 2011, o Império Colonial desfila na terça-feira (14/02), às 16h, com concentração a partir das 15h, na horta do Museu Bispo do Rosário, em Curicica, Zona Oeste. Neste Carnaval, além do término das restrições impostas pela pandemia, o grupo tem mais um motivo para comemorar: o fim das internações de longa permanência no Instituto Municipal de Assistência à Saúde (IMAS) Juliano Moreira, com o encerramento do Núcleo Franco da Rocha, em outubro de 2022. Com a medida, a Prefeitura do Rio concluiu o processo de desinstitucionalização de pacientes psiquiátricos na cidade, um marco da luta antimanicomial.

Por fim, mas pioneiro entre os blocos da saúde mental no Rio, o Loucura Suburbana desfila na quinta (16/02), no Engenho de Dentro, Zona Norte. Criado em 2001 como parte do processo de integração dos pacientes do IMAS Nise da Silveira com a comunidade, o bloco sai pelas ruas do bairro num intuito de esperança, também comemorando o retorno ao convívio social com o fim das restrições impostas pela pandemia. O desfile acontecerá às 17h, com concentração uma hora antes em frente ao instituto.

SERVIÇOS

Zona Mental

  • Data: 10 de fevereiro de 2023 (sábado)
  • Horário (concentração): 15h
  • Local: Praça Guilherme da Silveira, s/n – Bangu – Rio de Janeiro/RJ

Tá Pirando, Pirado, Pirou

  • Data: 12 de fevereiro de 2023 (domingo)
  • Horário (concentração): 15h
  • Local: Avenida Pasteur, 404 – Urca – Rio de Janeiro/RJ

Império Colonial

  • Data: 14 de fevereiro de 2023 (terça)
  • Horário (concentração): 15h
  • Local: Estrada Rodrigues Caldas, 3.400 – Curicica – Rio de Janeiro/RJ

Loucura Suburbana

  • Data: 16 de fevereiro de 2023 (sexta)
  • Horário (concentração): 16h
  • Local: Rua Ramiro Magalhães, 521 – Engenho de Dentro – Rio de Janeiro/RJ
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Blocos em Bangu, Urca, Curicica e Engenho de Dentro unem folia à luta antimanicomial

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui