Bolsonaro e apoiadores fazem manifestação em Copacabana neste domingo

O governador Cláudio Castro participa do ato que acontece na altura do posto 8

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Bolsonaro e apoiadores fazem ato em Copacabana; (Foto: Reprodução TV Globo)

O ex-presidente Jair Bolsonaro se reúne neste domingo (21/04) com apoiadores para um ato na orla de Copacabana, na Zona Sul do Rio. A reunião dos manifestantes acontece na altura do posto 8. O governador Cláudio Castro participa do evento.

Bolsonaro chegou por volta das 10h10 e subiu em um dos caminhões. Por volta das 10h40, os manifestantes lotavam as duas pistas da Avenida Atlântica e parte da praia entre a Rua Constante Ramos e o futuro Museu da Imagem e do Som (MIS), na esquina da rua Djalma Ulrich.

O ato foi convocado por Bolsonaro em meio a investigações da qual o ex-presidente é alvo por suspeita de participação numa tentativa de golpe de Estado para permanecer no poder.

O ex-presidente, ex-ministros e assessores e militares são alvos de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga essa tentativa de golpe.

Advertisement

Durante a semana, Bolsonaro citou, por meio de sua rede social, que a manifestação dá continuidade ao ato realizado em São Paulo, no dia 25 de fevereiro, e seria em favor do estado democrático de direito e para falar sobre a “maior fake news da história do Brasil, que está resumido hoje na minuta de golpe.”

Participam da manifestação a ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, os filhos de Bolsonaro Carlos (vereador), Eduardo (deputado federal) e Flávio (senador), entre outros.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Bolsonaro e apoiadores fazem manifestação em Copacabana neste domingo
Advertisement

6 COMENTÁRIOS

  1. Bolsonaro aonde vai, arrasta multidões. Lula não pode nem sair na rua. Essa matemática não fecha. As Eleições deveriam ser anuladas, ainda mais agora, com os documentos do X, que comprovam a intervenção do TSE nas eleições. Os apoiadores do Lula são apenas as pessoas que têm algum cargo comissionado, funcionários de ONGs e outras Estatais improdutivas na mira da privatização, cabides de emprego para compra de votos, todos ocupados por pessoas que não estão nem aí para o futuro do país, só pensam em seus próprios umbigos… essa é a mentalidade do esquerdista, é o mesmo que saber que o barco está furado, mas mesmo assim puxar o saco do capitão para garantir algum cargo acima dos demais marinheiros…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui