Bolsonaro realiza campanha ao lado de Romário e Cláudio Castro em Duque de Caxias

No ato, o candidato à reeleição criticou seu adversário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e chamou o extinto Bolsa Família de ‘esmola’

Foto: Henrique Coelho/g1

Nesta sexta-feira, (14/10), Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição e atual presidente, cumpre agenda de campanha em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Bolsonaro chegou ao ato, por volta das 11h, com seus aliados, entre eles o governador reeleito do Rio, Claudio Castro (PL), o senador Flavio Bolsonaro (PL-RJ), o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, eleito deputado federal, o senador Romário (PL-RJ) e o ex-deputado Washington Reis.

Em um discurso para os apoiadores, Jair criticou o partido adversário, PT, e o ex-presidente Lula, além de chamar o extinto Bolsa Família de “esmola”.

“Hoje, nós atendemos aos mais pobres com um projeto social de verdade, não uma esmola como era o Bolsa Família. E sabe como conseguimos pagar isso? Porque no meu governo não tem corrupção”, declarou o presidente.

Vídeo: Reprodução/Redes Sociais

O candidato à reeleição também criticou as gestões petistas e defendeu temas da pauta conservadora.

Ainda no discurso desta sexta, o candidato disse que, se reeleito, buscará aprovar a redução da maioridade penal, pauta que tem defendido desde que era deputado.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui