Bondes de Santa Teresa bateram recorde de usuários em 2022

Ao longo do ano passado, 410.208 passageiros utilizaram o tradicional meio de transporte, frente aos 406.632 registrados em 2019

Imagem meramente ilustrativa do Bonde de Santa Teresa (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O Bonde de Santa Teresa bateu o recorde de passageiros transportados em 2022, superando a marca anterior, alcançada há três anos. Ao longo do ano passado, 410.208 passageiros utilizaram o tradicional meio de transporte, frente aos 406.632 registrados em 2019. O bonde, que completa 127 anos de operação neste ano, havia transportado, durante a pandemia, menos da metade da marca atingida: 162.313 e 135.536, em 2021 e 2022, respectivamente.

Em janeiro deste ano, outra marca foi ultrapassada: mais de 46 mil pessoas foram transportadas no mês, número cerca de 30% maior do que no mesmo período do ano anterior. A marca também é recorde para o mês de janeiro nos últimos oito anos, desconsiderando apenas o período da pandemia, embora julho e agosto sejam os meses de maior movimentação, por conta das férias escolares.

O horário de funcionamento do Bonde de Santa Teresa foi estendido, passando a atender os usuários das 8h às 17h, de segunda a sexta. Aos fins de semana, a oferta também foi ampliada: das 9h às 16h. A tarifa custa R$ 20, incluindo ida e volta, e também dá direito ao reembarque em ambos os sentidos no mesmo dia (um na ida e um na volta).

Para moradores previamente cadastrados, o deslocamento é gratuito, assim como para estudantes da rede pública uniformizados e com o cartão escolar, pessoas acima de 65 anos e portadores do Vale Social.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui