Cadeia produtiva da construção civil foi responsável por aproximadamente um em cada cinco empregos formais criados no RJ neste ano

De janeiro a julho, foram 18.974 novos postos de trabalho nas atividades da construção civil

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Divulgação

Um levantamento feito pela Firjan, através da plataforma Retratos Regionais, destacou que a cadeia produtiva da construção civil foi responsável por aproximadamente um em cada cinco empregos formais criados no estado do Rio neste ano. De janeiro a julho, foram 18.974 novos postos de trabalho nas atividades da construção civil ligadas diretamente às obras e também à produção de insumos, aos serviços de engenharia e arquitetura e ao comércio varejista e por atacado.

No total, o mercado de trabalho fluminense registrou saldo de 86.899 novos empregos no ano. Na análise por grandes setores, incluindo todos os seus segmentos, a Firjan aponta que o setor de Serviços registrou saldo de 63 mil novos postos de trabalho.

O setor industrial criou 26 mil novos empregos. A Agropecuária (+1,4 mil) também registrou saldo positivo, enquanto o Comércio (-3,5 mil) continua com saldo negativo no acumulado do ano.

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Em painel setorial estão dados específicos dos setores industriais.

Advertisement

Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada através deste link.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cadeia produtiva da construção civil foi responsável por aproximadamente um em cada cinco empregos formais criados no RJ neste ano
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui