Câmara do Rio prepara ocupação de mais um andar do Edifício Serrador

Previsão é de que todos os setores administrativos, que ocupam salas alugadas, estejam na nova sede do Poder Legislativo Carioca ainda no primeiro semestre

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Fachada do edifício Francisco Serrador | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

A nova sede da Câmara Municipal do Rio terá mais um andar ocupado até o final do mês de janeiro, com a transferência de dois setores que ocupam salas alugadas para o Edifício Serrador. As intervenções de adequação já foram iniciadas, para que sejam transferidos a gráfica e o protocolo-geral da Casa, desocupando dois andares alugados no prédio 51 da Cinelândia. Com isso, serão oito setores completos atuando na nova sede, que já teve um andar inteiramente ocupado em outubro de 2023.

A previsão é que toda a área administrativa da Casa, que fica em salas alugadas no entorno do Palácio Pedro Ernesto, esteja no novo prédio ainda no primeiro semestre deste ano. Isso representará uma economia de cerca de R$ 6 milhões anuais com aluguéis e condomínios. Ao todo, cinco andares alugados já foram desocupados, representando economia de mais de R$ 600 mil em 2023.

Presidente da Câmara, o vereador Carlo Caiado (PSD) destaca a importância do fim do pagamento de aluguéis e da unificação da Casa em uma única sede. “Vamos deixar de gastar dinheiro público com aluguéis e ter um prédio histórico integrado ao patrimônio da cidade. Estamos fazendo tudo com muita responsabilidade, dando toda a celeridade possível, mas sem atropelar etapas para garantir a segurança nesse processo“, afirma.

Cronograma

O Edificio Serrador foi adquirido em dezembro de 2022 pela Câmara Municipal após um longo processo que analisou diversos cenários buscando o fim do pagamento de aluguéis, otimização da gestão e adequação das instalações. Em janeiro de 2023 um Comitê de Transição foi instituído, para coordenar a mudança e definir prioridades e cronogramas. Em maio, foram iniciados os processos para contratação de manutenção básica e do gerenciamento de projetos para a nova sede.

Advertisement

Leia também

Nos últimos dois anos, Rio de Janeiro teve aumento de 45% das custas judiciais

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

Em julho de 2023, foi iniciada a desocupação de andares alugados pela Câmara no Edifício 51 da Cinelândia. Já entre agosto e outubro foram iniciados os trabalhos de manutenção e o contrato com a empresa que definirá os layouts e projetos de arquitetura do Edifício Serrador, além da mudança de seis setores da Casa para o quinto andar do prédio.

Agora, no mês de janeiro, mais dois setores serão instalados no sexto andar do novo prédio. A previsão é que todos os setores administrativos, que ocupam salas alugadas, passem a ocupar entre o quinto e o décimo andar da nova sede. A licitação para as obras de engenharia, com adequação de gabinetes e do futuro plenário, deve ocorrer até o fim do primeiro semestre.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Câmara do Rio prepara ocupação de mais um andar do Edifício Serrador

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Câmara do Rio prepara ocupação de mais um andar do Edifício Serrador
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui