Câmara dos Deputados discute impacto da poluição na saúde de Volta Redonda

Município do Sul Fluminense se destaca como segunda maior cidade poluidora do Rio de Janeiro, apesar de seu pequeno território

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Parte de Volta Redonda, no Sul Fluminense - Foto: Reprodução

Na próxima terça-feira (9), a Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados debate o adoecimento da população de Volta Redonda, município Sul Fluminense do Rio de Janeiro, por causa dos impactos da poluição. O debate atende o pedido do presidente do colegiado, deputado Glauber Braga (Psol-RJ).

A audiência que será interativa, visa discutir possíveis soluções para o problema junto ao poder público e sociedade civil, destacando a importância dos movimentos sociais na defesa dos direitos fundamentais da pessoa humana, enfatizando a colaboração essencial desses grupos com as instituições.

O deputado Glauber Braga, ressalta que Volta Redonda é a segunda cidade com maior potencial poluidor do Rio de Janeiro, mesmo sendo territorialmente uma das menores. Além disso, a cidade é sede da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), uma das maiores da América Latina.

Advertisement

“Em julho de 2023, a CSN, diante de movimentações na cidade de Volta Redonda contra o alto índice de poluição emitida pela empresa, entrou na Justiça pedindo punições a militantes sociais e trabalhadores que participassem do ato”, afirma Braga.

O deputado também acresenta que a mineradora está processando um militante devido à sua atuação como defensor do meio ambiente e da saúde pública, destacando a gravidade do caso. “Por sua atuação enquanto cidadão defensor do meio ambiente e da saúde da população contra qualquer tipo de poluição”, expõe.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Câmara dos Deputados discute impacto da poluição na saúde de Volta Redonda
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui