Câmera de segurança registra criminoso furtando condensador de ar condicionado de loja, em Vila Isabel

Na quarta-feira (12), um homem foi flagrado por câmeras de segurança da região furtando um condensador na Rua Teodoro da Silva com Visconde de Abaeté

Furto de condensador em Vila Isabel / Portal Grande Tijuca

Proprietários de estabelecimentos comerciais de Vila Isabel, na Zona Norte do Rio e adjacências, não sabem mais o que fazer para deter a sanha dos ladrões de fios, cabos e condensadores de ar condicionado. Há lojista, que já foi assaltado 5 vezes, acumulando prejuízos consideráveis para o tamanho dos seus negócios.

Na última quarta-feira (12), por volta das 5h30, um homem foi flagrado por câmeras de segurança da região furtando um condensador de uma loja de conserto de roupas, na Rua Teodoro da Silva com Visconde de Abaeté, em Vila Isabel.

De acordo com o Portal Grande Tijuca, o dono do estabelecimento já foi roubado cinco vezes, atos que lhe geraram grande prejuízo. Para ele, o bairro de Vila Isabel está abandonado.

“É a quinta quinta vez que roubam os fios, cabos do meu ar-condicionado. Subiram no meu telhado e jogaram o ar lá de cima e levaram todo o condensador. O bairro está abandonado. Já tive vários prejuízos. Não aguento mais”, afirmou o homem ao portal.

Os condensadores viraram a grande mina de ouro para os criminosos que roubam cabos de energia, peça de metais e congêneres. Segundo o Portal, no dia 21/09, dois criminosos foram presos após furtarem uma peça, na Tijuca. Uma semana depois, outro homem foi detido, após furtar um condensador, em Vila Isabel. E, em 10/10, mais um criminoso foi preso pelo furto de um condensador de um hospital, na Tijuca.

De acordo com o Portal Grande Tijuca, o 6º BPM (Tijuca) informou que reforçará o patrulhamento ostensivo da região de madrugada. Já a Subprefeitura da Grande Tijuca disse que iniciou rondas de madrugada, para coibir as ações de tais criminosos.

As informações são do Portal Grande Tijuca.  

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Resido no Maracanã e há anos assistimos das nossas janelas
    , “cracudos” perambulando nas ruas carregando cabos elétricos, condensadores de ar condicionado e qualquer objeto que possam vender nos ferros velhos das adjacências da Mangueira, aonde eles compram e consomem droga também. É um ciclo vicioso. Fácil de resolver se não tivéssemos órgãos públicos coniventes com o esquema. Quando a população se cansar e resolver o problema por conta própria, a mídia lacradora surgirá conclamando os “direitos desumanos” .

  2. Bastava um ou mais moradores ficarem de tocaia em lugar escondido e com uma arma de longo alcance acertar um indivíduo desses. Se isso ocorresse umas cinco vezes, duas coisas iriam acontecer:

    * nenhum deles jamais voltaria por medo.

    * a polícia finalmente ficaria por lá.

    O estado é inerte, inepto, corrupto e incompetente. Portanto, cabe aos cidadãos livrarem-se do lixo social que gente irresponsável abre as pernas e cospe no mundo a revelia.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui