Campos dos Goytacazes é surpresa no ranking de uso de energia solar do estado do Rio de Janeiro

Campos está atrás apenas da cidade do Rio. Raphael Brito, da Solarprime, rede de energia solar especialista do ramo, comenta potencial da energia limpa no estado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Diante do o aumento da preocupação com o meio ambiente e a busca por fontes de energia limpa, a procura por sistemas de energia solar tem crescido significativamente em diversas regiões do país. No estado do Rio de Janeiro, não é diferente. Cada vez mais pessoas têm aderido à energia solar como uma alternativa sustentável e economicamente viável.

Na última semana, foi divulgado o ranking da geração de energia Fotovoltaica no Brasil, e a cidade de Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, aparece como surpresa na lista. Segundo os dados, o município tem 7.748 unidades geradoras com capacidade instalada de 57,8 MW (Megawatts), contra 42,5 MW das 6.463 unidades geradoras de Niterói, que ocupa a terceira posição no ranking estadual. Em primeiro lugar está a capital, com capacidade instalada de 133 MW.

Raphael Brito, empresário e dono da rede de franquias de energia solar Solarprime, afirma que o estado fluminense possui muita capacidade para o mercado de energia solar e explica as principais razões.

“A cidade Campos dos Goytacazes tem um grande potencial para o mercado de energia solar, por conta do grande consumo de energia e do elevado índice de radiação solar que recebe ao longo do ano”, disse o empresário.

Advertisement

Leia também

Taxas de condomínio disparam no Rio; confira os bairros com os valores mais altos

Conheça seis motivos para investir em uma pós-graduação

“Além disso, alguns pontos podem aumentar a busca por esse tipo de energia: uma política pública favorável à energia solar; incentivos fiscais para empresas que investem em energias renováveis; e a possibilidade de desconto no IPTU para imóveis com sistemas de geração de energia solar fotovoltaica”, completou.

Os números promissores podem crescer ainda mais. No segundo semestre deste ano, a região de Campos receberá a instalação de 23 Usinas Fotovoltaicas, com capacidade instalada superior a 160 Megawatts, superando a produção atual da capital do estado do Rio.

“Vale ressaltar que o mercado de energia solar no estado do Rio de Janeiro ainda é relativamente novo e, portanto, tem um grande potencial para expansão. Ainda há muitas oportunidades de negócio para empresas que desejam investir nesse setor, seja na instalação de sistemas de geração de energia solar para residências, comércios e indústrias, seja na construção de usinas de geração de energia solar em grande escala”, concluiu Raphael.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Campos dos Goytacazes é surpresa no ranking de uso de energia solar do estado do Rio de Janeiro

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui