Capitania dos Portos afirma que há mais de 60 navios abandonados na Baía de Guanabara

Órgão diz que a Secretaria Estadual de Ambiente está ciente sobre a situação e ainda assim não removeu as embarcações

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
O graneleiro São Luiz está fundeado na Baía de Guanabara, desde abril de 2016 / Reprodução de vídeo

A Capitania dos Portos, orgão de autoridade marítima, afirma que há mais de 60 navios abandonados na Baía de Guanabara. O órgão ainda diz que a Secretaria Estadual de Ambiente sabe desta informação e mesmo assim não removeu as embarcações do mar fluminense.

A Capitania acrescenta que o próprio Governo do Rio solicitou, via ofício ao órgão, a responsabilidade para realizar a remoção.

Um estudo realizado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) mostrou também que entre 2018 e 2021, apenas 17 cascos abandonados foram retirados da Baía de Guanabara.

Os navios sem utilidade podem gerar problemas aos mares e população do Rio. Há um mês, o graneleiro São Luiz, que estava ancorado na Baía de Guanabara desde 2016, foi levado pelo vento e se chocou violentamente contra a estrutura da ponte Rio x Niterói. O acidente fechou a via por horas.

Advertisement

Leia também

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Capitania dos Portos afirma que há mais de 60 navios abandonados na Baía de Guanabara

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui