A Prefeitura do Rio, por meio da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou nesta quarta-feira, dia 25/11, resgate de uma capivara ferida encontrada fora do seu habitat, próximo da sede Centro Administrativo São Sebastião, na Cidade Nova.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Guardas municipais da Unidade de Ordem Pública do Porto Maravilha faziam ação de ordenamento urbano nas imediações, quando se depararam com uma capivara ferida em um jardim da Rua Dom Marcos Barbosa, localizada ao lado do prédio sede da Prefeitura do Rio.

Os agentes, então, cercaram o animal, que estava indo em direção à Avenida Presidente Vargas, para evitar que fosse atropelado e acionaram a patrulha ambiental. Quando os agentes iniciaram o resgate, a capivara tentou fugir, mas ficou entalada na grade do prédio da Prefeitura, sendo retirada e capturada pelas equipes. Como o animal estava ferido, a Patrulha Ambiental levou a capivara para Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS), onde receberá tratamento veterinário.

A patrulha ambiental é formada por fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e guardas municipais do Grupamento de Defesa Ambiental. A Prefeitura do Rio orienta a população a acionar a patrulha por meio da Central 1746, caso flagrem animais silvestres em área urbana na cidade do Rio ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat para um resgate seguro. O manuseio não é aconselhável e muito menos tentar afugentá-los, pois pode agravar qualquer lesão que os animais apresentem. A Central 1746 funciona 24 horas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui