Carnaval da Intendente Magalhães muda de lugar e terá até camarote

Os desfiles devem reunir este ano aproximadamente 200 mil pessoas. Para a ampliação, o endereço foi transferido para a Avenida Ernani Cardoso

Foto: Divulgação Riotur

O Carnaval da Intendente Magalhães, na Zona Norte da cidade, será maior em 2023. Nesta terça-feira (17/01), a Prefeitura do Rio apresentou a novidade durante evento no Palácio 450, sede da Subprefeitura da Zona Norte, em Oswaldo Cruz. Pelo projeto, a passarela que vai abrigar cinco noites de desfiles das escolas do Grupo de Avaliação e das séries Prata e Bronze (antigos grupos de acesso C,D e E), além de um dia para os blocos, terá uma estrutura mais ampla para abrigar o público e para a mobilização do staff e dos carros alegóricos. Para a ampliação, o tradicional endereço foi transferido para a Avenida Ernani Cardoso.

Com a Nova Intendente, as agremiações terão uma passarela de 400 metros para apresentar seu enredo. A nova estrutura apresenta também um espaço de oito metros de largura, permitindo um número maior de integrantes por ala e até a construção de carros alegóricos de dimensões maiores. As arquibancadas, que antes recebiam até duas mil pessoas, terão capacidade para 5 mil foliões. Para dar mais segurança ao espaço, serão proibidos vendedores autônomos e a comercialização de bebidas em embalagens de vidro.

Este ano teremos um Carnaval totalmente novo na Intendente Magalhães, totalmente renovado. É uma revolução na infraestrutura tanto para quem desfila como para os moradores que sempre tiveram dificuldade de deslocamento. Estamos cuidando para que seja o melhor Carnaval de todos os tempos na Intendente Magalhães“, disse o subprefeito da Zona Norte, Diego Vaz, representando o prefeito Eduardo Paes.

De acordo com o presidente da Riotur, Ronnie Costa, a mudança de endereço foi feita para dar suporte à produção da festa e garantir mais conforto às escolas e aos foliões que vão acompanhar os desfiles das agremiações. Exclusivamente montada para o evento com cenografia e iluminação especiais, a infraestrutura a ser implementada foi modernizada e reforçada, com lounge, camarotes, praça de alimentação, cabines de jurados, frisas, entre outras tendas e serviços.

Uma maquete mostrando a nova estrutura do desfile foi apresentada – Beth Santos/Prefeitura do Rio

Os desfiles na Nova Intendente, que servem de base para a Série Ouro e para o Grupo Especial, serão realizados no domingo (19/2), com as escolas do Grupo de Avaliação; segunda-feira (20/2) e terça-feira (21/2), com as escolas da Série Bronze; e sexta-feira (24/2) e sábado (25/2), com as escolas da Série Prata. Os desfiles devem reunir este ano aproximadamente 200 mil pessoas, entre passistas, ritmistas, pessoal de apoio e público em geral.

Advertisement

8 COMENTÁRIOS

  1. Tomara que não mas vai ser um caos essa mudança já q e pra mudar pq n colocam em algum lugar q n afete o trânsito ex o espaço radical de Deodoro w gastaram uma fortuna para olimpíadas e depois disso está largada

  2. Não dá para comparar um projeto de décadas como os desfiles da Marques de Sapucaí (desde 1978), hoje o Sambódromo (1983) e de desfiles da Intendente Magalhães (blocos desde 1989) com esta mudança para a Ernani Cardoso. Na primeira apesar de ter origem em uma rua estreita da Praça Onze, hoje tem uma boa largura e estrutura, além do Centro ser um hub de transportes. Na Intendente Magalhães, além da oferta reduzida de transporte atual impactada ainda mais pelo desfile, o trecho usado (ou a utilizar) tem mão dupla com cerca de 15m de largura. Existem ruas transversais e paralelas e como vinha sendo feito a Rua Cândido Benício, importante artéria que traz trânsito de Jacarepaguá não era fechada e o trânsito seguia pela Ernani Cardoso para a Zona Norte e para o Viaduto de Madureira. Quanto ao trecho que a prefeitura quer usar, um quarteirão de cerca de 400m entre o mergulhão de Campinho (carros e BRT) e a Rua Padre Manso, é um trecho emparedado entre o Morro do Fubá a cerca de 50m da rua e uma faculdade (Souza Marques) e do outro lado uma igreja com quase 400 anos tradicional que certamente vai interromper seus cultos e um grande supermercado com uma frente de loja de uns 150m da pista de desfile. Preveem apenas 8m de largura de desfile mais arquibancadas e estruturas. Vai caber tudo isso? Lembro novamente que a Ernani Cardoso lança o trânsito vindo de Vila Valqueire e Jacarepaguá para a Av. Suburbana ou Helder Câmara, como quiserem chamar e para o Viaduto de Madureira, rotas para vários locais da Zona Norte. Teremos solução para o trânsito ou vai virar um caos paralisando a região? Claro, podem lançar mão de um esquema de réveillon e proibir as pessoas de se deslocar como em Copacabana… É uma teoria não testada num local com confrontos paramilitares quase diários. Quem vive por ali sabe bem como está aquilo lá. Vale o risco de colocar a população para virar alvo??? Muito diferente do desfile do Sambódromo que já conta com uma tradição e respeito no que concerne a balas perdidas dos morros a volta, comunidades estas que participam dos desfiles. Torço para que não ocorram problemas com esta mudança. Mas, sinceramente, em time que está ganhando não se mexe. Deveria ficar na Intendente mesmo ou até mesmo encontrarem um local decente para este evento, espaço que a cidade do Rio não dispõe há muito tempo para isso.

    • Eu filmo o Carnaval da Intendente pro meu canal do Youtube. Essas são duas das minhas principais preocupações. Pra mim o Carnaval na Ernani Cardoso me facilita, já que moro em Quintino, mas a guerra do Fubá e o desvio do trânsito são duas preocupações que a Prefeitura não explicou como pretende resolver.

      Tenho mais uma terceira preocupação: enchentes. Ano passado choveu no Carnaval, a Intendente não alagou, mas a Ernani sim.

  3. Projeto muito bom mas infelizmente eles esqueceram que a Ernani Cardoso fica margeia o Morro do Campinho e do Fuba onde vem se desencadeando uma verdadeira guerra entre faccoes e luta pelo poder do trafico nos morros; Nem quero imaginar um tiroteio na hora dos desfiles.

  4. Projeto muito bom mas infelizmente eles esqueceram que a Ernani Cardoso fica margeia o do Morro do Campinho e do Fuba onde vem se desencadeando uma verdadeira guerra entre faccoes e luta pelo poder do trafico nos morros;

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui