Carnaval deve movimentar R$ 4,5 bilhões na economia do RJ

Número é 12% maior do que o valor levantado no último carnaval antes da pandemia, em 2020; apenas com os blocos de rua, a capital deve levantar R$ 1,2 bilhão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Reprodução: Internet/redes sociais

O Carnaval 2023 irá afetar, positivamente, a economia do Rio de Janeiro. Um levantamento da Riotur e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação, com base no estudo “Carnaval de Dados” – feito pela Fundação João Goulart – afirma que a festa deve movimentar cerca de R$ 4,5 bilhões para a cidade. O número é 12% maior do que o valor levantado no município no último carnaval antes da pandemia, em 2020, quando foram arrecadados R$ 4 bilhões.

“A gente observa como a infraestrutura para o carnaval impacta e fica de legado para a cidade, como o carnaval tem a ver com o desenvolvimento humano para o carioca, para crianças, comunidades, e também os aspectos econômicos, que impactam. A cada R$ 1 investido na cidade, são R$ 6 de retorno”, destacou Rafaella Bastos, presidente da Fundação João Goulart, ao GloboNews.

Apenas com os blocos de rua, a capital deve levantar R$ 1,2 bilhão, o que representa um aumento de 20% em comparação com 2020, quando a renda foi de R$ 1 bilhão. E o valor gerado durante os 4 dias de festa no estado fluminense movimenta, sozinho, um terço de toda a cifra que o período movimenta em todo o Brasil.

18lira Carnaval deve movimentar R$ 4,5 bilhões na economia do RJ
Bloco infantil Gigantes da Lira — Foto: Alexandre Macieira/Riotur


Todos os setores econômicos do Rio saem vitoriosos dessa “batalha”. Um que promete crescer muito neste carnaval é o Imposto Sobre Serviços (ISS), que deve arrecadar R$ 23,3 milhões, um aumento de 20% este ano em comparação a 2020, quando o município arrecadou R$ 19,4 milhões.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Carnaval deve movimentar R$ 4,5 bilhões na economia do RJ

Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. É sempre a mesma história; Banca-se despesas com o carnaval subsidiando as escolas de samba num processo inegavelmente que é auto sustentável. Não sou contra o carnaval, e também, não vou negar que esse movimento chamado carnaval não seja benéfico para o município na arrecadação de impostos, sou contra como disse dos subsídios pagos pelo município as escolas de samba!!!! Enfim, um bom carnaval para todos!!!!!

  2. Mas, a pobreza, a miséria, favelas e puxadinhos só se multiplicam. Gostaria de saber, quanto desses bilhões revertem de fato, e de direito, para os que fazem o carnaval, em efetivos e eficientes serviços públicos, moradias dignas, e mobilidade social para as comunidades populares? Na quarta-feira de cinzas desfaz-se as fantasias, intermediários embolsam a grana e tudo volta a rotineira realidade.

  3. quem fala oqn sabe, fala besteira como sempre. a subvenção é correta porque esse dinheiro volta em forma de serviços no turismo. carnaval é indústria; e não, varanda de comadres. é preferível gastar esse dinheiro na indústria do que os milhões com besteiras no cartão corporativo, alimentando uma malta de vagabundos golpistas.

  4. Se é isto mesmo se movimenta isso tudo mesmo, foi VERGONHOSA a subvenção pública às escolas de samba, um verdadeiro DESPERDÍCIO do dinheiro público ajudar uma festa que se paga sozinha.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui