Carnaval mais seguro: Estado faz balanço positivo da segurança pública no RJ

Houve uma queda de 20% nos crimes de rua em comparação com o ano anterior

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O Governo do Estado elogia o desempenho da segurança pública durante o Carnaval no Rio de Janeiro, destacando uma redução de 20% nos crimes de rua em comparação com o ano anterior. Durante uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (15/02), foram divulgados dados que revelam um aumento de 34% no número de prisões em flagrante durante a folia.

“O reconhecimento facial funcionou. Tivemos uma quantidade recorde de apreensões de armas, incluindo fuzis. Isso demonstra que o Carnaval foi seguro”, declarou o governador Cláudio Castro.

Além disso, houve um aumento de 32% nas apreensões de menores infratores, o que o governador atribuiu ao controle mais rigoroso sobre o tráfico de drogas.

Durante o Carnaval, o número de mulheres que solicitaram medidas protetivas aumentou em 5%, conforme relatos do estado.

Advertisement

O sistema de reconhecimento facial contribuiu para 20 das 423 prisões e 75 apreensões de adolescentes. Foram apreendidas mais de 70 armas, incluindo 7 fuzis, além de 32 simulacros de armas de fogo.

Em relação às revistas nos acessos dos megablocos, foram confiscados 20 objetos perfurocortantes, um aumento de 42% em comparação com 2023. A Polícia Civil registrou um total de 717 prisões durante o Carnaval, sendo 630 em flagrante e 87 por cumprimento de mandados de prisão. Além disso, foram abertas 600 investigações durante o período festivo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Carnaval mais seguro: Estado faz balanço positivo da segurança pública no RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui