Muitos, como o Josias da Folha, estão criticando o Cartão de Crédito Solidariedade Católica lançado pelo cardeal do Rio Dom Eusébio Scheid . Eu não sou contra, já que as pessoas cada vez mais usam o cartão como meio de pagamento, não vejo problema em destinar parte de seus gastos para uma ação de caridade.É uma forma de facilitar aos católicos que ajudem obras de caridade da Igreja. É melhor gastar em um cartão desses do que permitir que o lucro todo vá para os bancos.

A Igreja do Rio fez uma pesquisa que mostrou que o apoio ao cartão é grande , principalmente entre os católicos praticantes (84%). Para ver a íntegra da pesquisa clique aqui.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui