Casa Museu Eva Klabin recebe mostra ‘Ultramar’, de Kika Carvalho, a partir do 7 de dezembro

Exposição, que tem censura livre e entrada franca, ficará em cartaz até 25 de fevereiro de 2024

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Com abertura no dia 7 de dezembro, na Casa Museu Eva Klabin, localizada na Lagoa, na Zona Sul da cidade, a exposição “Ultramar”, da artista capixaba Kika Carvalho, integra a segunda edição do programa de residência artística “ÉDEN” – resultado da parceria entre o Instituto Inclusartiz e a Casa Eva Klabin. Com curadoria de Lucas Albuquerque, a mostra reúne 20 obras, entre pinturas, cianotipias, instalações e colagens em azul, com base nas elaborações da cor nas relações materiais, históricas e sociais ao longo dos séculos. A exposição, que tem censura livre e entrada franca, ficará em cartaz até 25 de fevereiro de 2024, de quarta a domingo, das 14h às 18h, com a última entrada permitida às 17h30.

“A escolha do trabalho de Kika se dá justamente nesse lugar: possibilitar a revelação de dados inerentes ao seu interesse de pesquisa poética que por vezes se vê sublimado pela velocidade do cotidiano. Nesse sentido, o período de pesquisa junto à coleção tão rica instaura outros tempos, tanto de produção como de percepção, que a artista, por sua vez, visa a subverter em sua ocupação. Promover novas leituras não só do presente, mas também do passado, em um pensamento espiralar”, disse Lucas Albuquerque, que também é curador do programa de residências do Inclusartiz.

Kika Carvalho, que é natural de Vitória (ES), tem uma relação afetiva com a cor azul por conta da cidade-ilha onde nasceu e viveu e de aspectos da história da pintura. A conteúdo da mostra “Ultramar” sofreu uma grande influência da estada da artista em Luanda, capital da Angola, onde participou de uma residência artística em 2022. Kika também preparou obras inéditas para a exposição em outras técnicas, como a cianotipia e processos de fotografia analógica.

“Eu produzi trabalhos específicos para esta exposição porque acredito que essa é uma oportunidade única de dialogar face a face com peças de uma cultura que contribuiu muito para a minha pesquisa e para o meu fascínio pela cor azul. É também uma ocasião oportuna para discutir sobre a história da arte e sobre a guerra de narrativas que cerca o deslocamento do Egito do continente africano. Quando pensamos nos feitos dos antigos egípcios, essa história se desloca daquele continente ou até mesmo do Planeta Terra, abrindo a possibilidade de extraterrestres terem contribuído com grandes feitos. Algo que me fascina muito”, explicou Kika Carvalho.

Advertisement

O “ÉDEN” é um programa de investigação da Casa e da coleção resultante das oito décadas de atividades de Eva Klabin (1903-1991) como colecionadora de obras de arte. O local possui um dos acervos mais importantes do Brasil, com um arco temporal abrangendo quase 50 séculos. A parceria entre a Casa Museu Eva Klabin e o Instituto Inclusartiz visa o desenvolvimento de trabalhos inéditos a partir de pesquisas realizadas em conjunto com as equipes de curadoria e museologia da instituição. Na primeira edição do programa, o destaque foi a artista carioca Ayla Tavares, com a exposição “USTÃO”, realizada entre maio e julho de 2023, com curadoria de Lucas Albuquerque.

Mais informações: (21) 3202-8550

A Casa Museu Eva Klabin fica Avenida Epitácio Pessoa, nº 2480, na Lagoa.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Casa Museu Eva Klabin recebe mostra 'Ultramar', de Kika Carvalho, a partir do 7 de dezembro
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Casa Museu Eva Klabin recebe mostra 'Ultramar', de Kika Carvalho, a partir do 7 de dezembro
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui