Casarão de Generozo Portella, em Três Rios, é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural

O Cine Rex e o Edifício Irmãos Chimelli também foram definidos pelo Inepac como bens especialmente tutelados

Casarão de Generozo Portella foi tombado pelo Inepac / Divulgação

Construído no final do século XIX, o Casarão de Generozo Portella, localizado na cidade de Três Rios, no Centro-Sul Fluminense, foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), que classificou ainda o Cine Rex e o Edifício Irmãos Chimelli, na localidade, como bens especialmente tutelados.

O Casarão, cuja destinação inicial era residencial, passou, ao longo do tempo, a ser usado como escola, após uma parceria com a prefeitura de Três Rio.

A diretora do Inepac, Ana Cristina Carvalho, destacou que o tombamento do Casarão de Generozo Portella é de grande importância para a preservação do patrimônio arquitetônico da cidade.

Nossa equipe tem trabalhado com o objetivo de reafirmar os papéis de proteção e de fiscalização conferidos legalmente ao Instituto. Esperamos que este espaço seja ocupado de forma que valorize sua importância histórica e cultural para a cidade de Três Rios,” destacou  a diretora do Inepac.

Ana Cristina Carvalho destacou ainda que a definição do Cine Rex e do Edifício Irmãos Chimelli, como bens tutelados, também é de grande importância para a memória cultural de Três Rios, mesmo que ambos não sejam imóveis considerados referência para tombamento histórico.  

“Todo bem tombado tem uma área de ambiência definida e, dentro dela, podem existir imóveis que conversem de certa forma – seja por estilo arquitetônico, período de construção ou por também possuírem valor cultural, mas não o suficiente para um tombamento próprio. Desta forma, esses imóveis foram incluídos para compor o conjunto visual junto com o bem tombado”, discorreu Ana Cristina Carvalho.

Tombamentos em 2022

O Casarão de Generozo Portella é o segundo bem tombado pelo Inepac em 2022. O terreiro de candomblé Egbe Ile Iya Omidaye Asé Obalayo, em Sacramento, no município de São Gonçalo, já havia sido tombado em fevereiro deste ano. O terreiro, que funciona há 50 anos, é um referência cultural e social para os municípios do leste da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Além do atendimento espiritual, o espaço também oferece formação sobre temas, como direitos humanos, direito da mulher e igualdade social e racial.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui