Caso Henry: Monique Medeiros volta a ser presa por determinação do STF

Monique será conduzida à Instituição Penal Santo Expedito, em Gericinó, onde já havia sido detida anteriormente

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Monique Medeiros (Foto: Ana Branco)

Na manhã desta quinta-feira (06/07), ocorreu Monique Medeiros voltou a ser presa na residência de sua mãe, localizada em Bangu, Zona Oeste do Rio. Conforme comunicado prévio de sua defesa, era esperado que ela se entregasse durante a manhã. Monique será conduzida à Instituição Penal Santo Expedito, em Gericinó, onde já havia sido detida anteriormente.

Ela é acusada de tortura e homicídio de seu filho Henry. A criança de 4 anos faleceu em 8 de março de 2021. Exames de necropsia revelaram a presença de 23 lesões em seu corpo, sendo a causa de seu óbito atribuída a ação contundente e laceração hepática.

O pedido para revogar a liberdade de Monique Medeiros foi feito por Leniel Borel, pai da vítima. O ministro Gilmar Mendes analisou o caso e decidiu pelo retorno de Monique à prisão.

Conforme a decisão, Monique teria intimidado uma testemunha e estaria violando as medidas cautelares estabelecidas pelo sistema judiciário por meio das redes sociais. A defesa da acusada nega as acusações.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Caso Henry: Monique Medeiros volta a ser presa por determinação do STF
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui