Castro promete reforço na segurança da Linha Vermelha com aumento de voos no Galeão

Via expressa receberá uma série de investimentos com o aumento de voos previstos no aeroporto Tom Jobim

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto Marcelo Horn

O governador Cláudio Castro prometeu aumentar o efetivo de segurança na Linha Vermelha, principal acesso para quem quer chegar ao aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador. Com a decisão de deixar o Santos Dumont, no Centro do Rio, apenas com as viagens para São Paulo e Brasília, a expectativa é de que aconteça um aumento substancial na demanda de voos no terminal internacional.

O chefe do executivo estadual rechaçou que a distância e a violência sejam fatores que afastem os passageiros do aeroporto. Segundo ele, outros terminais de grandes cidades brasileiras sofrem muito mais com esses problemas, e nem por isso padecem com o esvaziamento.

Quanto mais voos no Galeão tiver, mas a gente vai reforçar o policiamento ali. A mancha criminal não demonstra nem de longe que o Galeão seja um problema, nem a distância. Você vai a Minas, a distância é maior, Porto Alegre é maior, Garulhos é bem pior. Então não é distância e nem mancha criminal, é o problema de ter dois aeroportos que fazem a mesma função e um canibaliza o outro“, disse Castro durante a realização de um fórum para empresários em Copacabana, na Zona Sul.

Com graves problemas de conservação e segurança, a Linha Vermelha deve ter mais proteção para quem passa pela via, o número de câmeras de monitoramento usadas pela polícia deve ser duplicado. O Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER-RJ) também espera assinar, em até um mês, o contrato com a empresa que ficará encarregada de recapear o trecho mais crítico da via: os 13,9 quilômetros entre a Ilha do Governador e a Baixada Fluminense.

Advertisement

Com 21,9 quilômetros de extensão — ligando o fim do Elevado Paulo de Frontin, na Cidade Nova, à Rodovia Presidente Dutra, na altura de São João de Meriti, a Linha Vermelha está sendo administrada pelo estado e pelo município do Rio. 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Castro promete reforço na segurança da Linha Vermelha com aumento de voos no Galeão
Advertisement

12 COMENTÁRIOS

  1. Nao adianta o mimimi , galeao ficou obsoleto , aliás será que vai ter canetada para proibir os voos internacionais que partem se Porto Alegre , Brasília, Fortaleza, recife, Salvador, belo Horizonte , Campinas e Curitiba por causa que o ocioso e falido galeao precisa ser revitalizado ?? Ninguém quer usar um quase extinto aeroporto obrigado e a base da canetaDa.

  2. A capital do país, BRASÍLIA, tem acento.

    Europa, América do Norte, África e Ásia em voos diretos para o Rio. Quer fazer conexão aqui e acolá, fique à vontade. Vai sair “baratinho”, pode confiar…

    Galeão viabilizado é realidade.

  3. Continuar pelo Santos Dumont é a única solução , não deixe que o pessoal da firjan/gecelma com interesses particulares estrague o que está dando certo. Se mudar somente uma ‘minoria” mudará para o quase extinto galeao e a ‘verdadeira demanda’ de São Luiz, Terezina , Fortaleza e Natal farão escala via BRASILIA e Porto Alegre, Florianópolis Campo Grande via CONGONHAS a mesma coisa quem vem de Manaus , Belém, porto velho e Rio Branco via BRASILIA. Tão tentando vender peixe podre na feira.

  4. Uso a linha amarela e vermelha diariamente o congestionamento é imenso, quase duas horas para chegar ao trabalho no centro do RJ, como um passageiro vai se programar para uma viagem nesse cenário?
    A segurança também é outro fator importante, não há nessas duas vias vários arrastões e furtos um absurdo…….

  5. O Governador tem que lembrar, que não somente os moradores da cidade do Rio usam o aeroporto, mas os residentes do interior do estado também, então, não adianta aumentar a segurança somente da Cidade Nova até a entrada da Ilha e deixar o resto da Linha Vermelha desguarnecida como é de costume, pois quem vem da baixada e do interior também sofre com esse descaso

  6. Demorou muito para as autoridades descobrirem que o maior equipamento urbano da cidade do Rio não poderia permanecer subutilizado.
    Em breve, o conceito de aeroporto-indústria finalmente sairá do papel, tornando-se mola propulsora da economia do RJ.

  7. Só bobão que acredita que as companhias aéreas internacionais voltarão para o Galeão , esquecem que na realidade este aeroporto virou obsoleto porque o nordeste viaja para o exterior partindo dos voos internacionais em Salvador, Recife, Fortaleza e os pessoal do Sul têm voo internacional em Porto Alegre e Curitiba, pessoal do centro oeste tem voos para o exterior em Brasília e Belo Horizonte , ninguém mais do Brasil depende de vir para o galeao para embarcar em voos internacionais.este aeroporto está ocioso e em vias de extinção.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui