Castro promete tolerância zero no Carnaval contra assédio: ‘Ouviu um não, respeite a decisão’

Governador também afirmou que quem cometer agressão passará a folia na cadeia

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Cláudio Castro - Foto: Rafael Campos/Governo do RJ

O governador Cláudio Castro afirmou, nesta terça-feira (14), que as autoridades de segurança estarão de olho em quem cometer assédio às mulheres no Carnaval. “Ouviu um não, respeite a decisão”, decretou.

A minha orientação é para que as polícias sejam rigorosas. Homens, sejam respeitosos, porque não teremos leniência para quem passa da conta. A sociedade não aceita mais violência. Sabemos que isso se potencializa no carnaval. Peço ajuda para a Guarda Municipal para as mulheres passarem o carnaval em paz. Ninguém aguenta mais essa violência”, afirmou o governador.

De cara, quem agredir vai passar o carnaval na cadeia. Quem pensar em fazer bagunça, não saia de casa. Queremos um carnaval de paz, cultura e folia”, emendou Castro.

Agenda dos Blocos de Rua do Rio de Janeiro em 2023

Castro deu a declaração ao lado do prefeito Eduardo Paes, e de representantes de órgãos dos poderes municipal e estadual durante a divulgação do plano operacional para o carnaval no Rio de Janeiro.

Advertisement

Leia também

Em recuperação judicial, Americanas fecha várias lojas ao mesmo tempo

RJ continua com previsão de chuva nesta quinta-feira

São esperadas mais de 120 mil pessoas na Marquês de Sapucaí ao longos dos dias de desfiles. Todos os ingressos foram vendidos. O Carnaval de Rua deve atrair mais 5 milhões de pessoas.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Castro promete tolerância zero no Carnaval contra assédio: 'Ouviu um não, respeite a decisão'

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui