Celebrando Alcione, 30º Prêmio da Música Brasileira acontece na próxima quarta no Theatro Municipal do Rio

Evento, que premia destaques da música nacional, acontece a partir das 19h30 e terá diversas homenagens à cantora maranhense

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Theatro Municipal do Rio de Janeiro - Foto: Gui Maia

Na próxima quarta-feira (31/05), o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, na Cinelândia, região central da capital fluminense, recebe o 30º Prêmio da Música Brasileira (PMB). A edição 2023 do evento, considerado o mais tradicional e respeitado do gênero do país, traz uma homenagem especial a Alcione.

Dirigida por José Maurício Machline, idealizador e fundador do PMB, e apresentada por Felipe Neto, Lázaro Ramos e Lilian Valeska, a noite contará com show inédito baseado no repertório da cantora maranhense e a participação de veteranos e revelações do cenário musical nacional.

A festa será transmitida ao vivo por um telão nos arredores do teatro e pelos canais no YouTube do influenciador Felipe Neto e do próprio Prêmio, a partir das 19h30 (tapete vermelho e bastidores). A cerimônia começa às 21h.

A edição 2023 marca também o início da parceria entre Machline e a empresária Heloisa Guarita, que inclui planos de fomento à música ao longo do ano.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

”O Prêmio da Música Brasileira é um grande aliado para o estímulo à cultura. Com o seu retorno agora, as oportunidades se agigantaram para apoiarmos e darmos visibilidade a mais artistas. Tivemos um número de inscritos recorde, foram quase 10 mil, dos mais diferentes gêneros, de todos os cantos do país”, celebra Machline, que vê a premiação retornar após um hiato de quatro anos.

”É incrível comprovar a relevância do Prêmio em retratar os diferentes ritmos representados de Norte a Sul desse país. E, melhor ainda, é observar a presença de grandes e consagrados artistas concorrendo com os mais novos talentos do Brasil. Conseguimos trazer a diversidade e o momento real desse país chamado ‘Música”’, reflete, por sua vez, Heloisa.

Noite para Alcione

O Theatro Municipal receberá grandes estrelas da música brasileira para um show absolutamente inédito e exclusivo que festejará a grande homenageada da noite, Alcione, uma das recordistas de troféus do Prêmio da Música Brasileira, que completa cinco décadas de existência em 2023.

O vasto e eclético repertório da ”Marrom” serviu de inspiração para a apresentação, que mais uma vez contará com roteiro e direção geral de José Maurício Machline. A cenografia é de Gringo Cardia e os figurinos são de Mariana Correia.

No palco, nomes de várias gerações e estilos musicais se encontrarão. É o caso do esperado dueto entre Maria Bethânia e Gloria Groove, que vão reviver ”O Meu Amor”, de Chico Buarque. Ou, ainda, as participações de Caetano Veloso, Luedji Luna e Marina Sena; as duplas formadas por Emicida e Fioti, Péricles e Ferrugem, Seu Jorge e Iza, Diogo Nogueira e o grupo Inovasamba; além do inédito trio formado por Fran, Tim Bernardes e Zé Ibarra.

A direção musical e os arranjos do show são de Pretinho da Serrinha, que estará acompanhado dos seguintes músicos: Rodrigo Tavares (piano e teclado), Alberto Continentino (contrabaixo), Pedro Franco (violão 7 cordas e bandolim), Davi Moraes (guitarra), Kainã do Jêje (bateria e percussão), Thiago da Serrinha (percussão e cavaco), Dudu Oliveira (flauta, sax soprano, sax tenor e cavaco), Eduardo Santana (trompete e flugel horn) e o coro formado por Analimar Ventapane, Jhusara Lorenço e Rachell Luz.

Vale destacar que, como não pode deixar de ser, os grandes sucessos de Alcione serão lembrados, celebrando a diversidade de ritmos, gêneros e estilos que a intérprete gravou ao longo da vida. O repertório contará com canções como ”Garoto Maroto”, ”Gostoso Veneno”, ”Meu Vício é Você” ”Minha Estranha Loucura”, ”Não Deixe o Samba Morrer”, ”Nem Morta”, ”Rio Antigo”, entre outras.

O show será encerrado com a própria Alcione, que, para receber as flores em vida, escolheu alguns de seus maiores sucessos, como ”A Loba”, ”O Surdo”, ”Sufoco” e mais surpresas que serão reveladas ao longo da cerimônia.

Após a festa, a Cinelândia terá uma apresentação da bateria da Estação Primeira de Mangueira, escola que terá a ”Marrom” como enredo no Carnaval 2024.

Homenagens anteriores

Desde 1988, ano em que foi criado, o Prêmio da Música Brasileira enaltece um artista nacional, que serve como fonte para o roteiro e repertório do show da cerimônia de entrega. Além de Vinícius de Moraes, primeiro homenageado, foram lembrados nomes como Dorival Caymmi; Maysa; Elizeth Cardoso; Luiz Gonzaga; Ângela Maria e Cauby Peixoto; Gilberto Gil; Elis Regina; Milton Nascimento; Rita Lee; Jackson do Pandeiro; Gal Costa; Ary Barroso; Lulu Santos; Baden Powell; Jair Rodrigues; Zé Ketti; Dominguinhos; Clara Nunes; Dona Ivone Lara; Noel Rosa; João Bosco; Tom Jobim; Maria Bethânia; Gonzaguinha; Ney Matogrosso; e Luiz Melodia.

Indicados 2023

A seleção dos indicados para as 31 categorias do PMB 2023 traça um panorama diverso, múltiplo e abrangente da produção musical do último ano no país. A lista contempla artistas de todas as regiões do Brasil, com 18 estados (Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins), representados em diversas indicações.

Em um painel muito equilibrado, apenas dois nomes acumulam três indicações: Chico César, que circula entre as categorias ”Canção Popular” e ”Pop/Rock”, e a Orquestra Sinfônica Brasileira, que domina as indicações em ”Lançamento Erudito”.

A seleta lista tem ainda 22 artistas empatados com duas indicações cada um: Alceu Valença; Almir Sater; Anitta; Baco Exu dos Blues; Bebê Kramer; Chico Buarque; Criolo; Diogo Nogueira; Dom Salvador; Duda Beat; Elba Ramalho; Elza Soares; Erasmo Carlos; Fundo de Quintal; Gloria Groove; Iza; Letieres Leite; Marília Mendonça; Martinho da Vila; Planet Hemp; Zeca Veloso; e Yamandu Costa.

Após três anos de grandes perdas para a música e a cultura brasileira, também chamam a atenção as indicações póstumas de artistas que seguiram trabalhando e criando até o fim de suas vidas, como Elza Soares, Erasmo Carlos, Letieres Leite e Marília Mendonça.

Serviço

30º Prêmio da Música Brasileira

  • Data: 31 de maio de 2023 (quarta-feira)
  • Horários: 19h30 (tapete vermelho e bastidores) | 21h (início da cerimônia)
  • Local: Theatro Municipal do Rio de Janeiro
  • Endereço: Praça Floriano, s/n – Centro – Rio de Janeiro/RJ
  • Transmissão Ao Vivo: YouTube Felipe Neto | YouTube PMB
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Celebrando Alcione, 30º Prêmio da Música Brasileira acontece na próxima quarta no Theatro Municipal do Rio

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Celebrando Alcione, 30º Prêmio da Música Brasileira acontece na próxima quarta no Theatro Municipal do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui