‘Centro do Rio tem condições de ser o maior Distrito de Inovação do Brasil’, segundo especialista

Idealizador do Projeto “Cidade do Rio de Janeiro – Hub de Inovação no Centro do Rio” disse que a cidade possui características únicas que permitem a criação do que pode ser o maior Distrito de inovação do Brasil

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa do Centro do Rio - Foto Daniel Martins/Diário do Rio

Na quinta-feira (24/08), em debate promovido pelo Conselho Empresarial da Renovação do Centro do Rio da ACRJ, foi discutida a instalação de um Distrito de Inovação no Centro do Rio. O idealizador do Projeto “Cidade do Rio de Janeiro – Hub de Inovação no Centro do Rio”, Carlos Augusto de Figueiredo Carneiro, fez uma apresentação na qual ressaltou que a cidade possui características únicas, do ponto de vista histórico, econômico e demográfico, que permitem a criação do que pode ser o maior Distrito de Inovação do Brasil.

O Centro reúne universidades e centros de pesquisa, instituições dos governos federal, estadual e municipal e empresas âncora em áreas como tecnologia da informação, economia criativa, saúde, energia, e outras”, disse, completando que depende agora de Políticas Públicas e de parcerias público-privadas para sua viabilidade.

O encontro reuniu diversos comerciantes, moradores, integrantes de instituições representativas da Região Central do Rio e a Arquidiocese. E foi coordenada pela presidente do Conselho, Maria Izabel Castro e o vice, Luiz Eduardo Carneiro.

Carlos Augusto Carneiro abordou também sobre o potencial de atração de investimentos para a região, explicando que “uma estimativa de investimentos de R$ 1 bilhão, com recursos públicos, pode ter um efeito multiplicador de R$ 4 bilhões adicionais em recursos privados”, dando como exemplo outros Distritos da mesma natureza, como os de Milão e Sydney.

Advertisement

O presidente da ACRJ, Joiser Vilar, fez uma oferta de iniciar este Distrito pelo prédio-sede da Associação Comercial, localizado na Rua Candelária, como um cluster inicial de inovação. “A viabilização deste hub vem ao encontro do nosso projeto de transformar este prédio em um centro de inovação para os empreendedores do Rio. Vamos criar a Loja do Empreendedor onde o empresário e quem quer empreender poderá resolver todos os problemas burocráticos em um só lugar, uma espécie de “poupa tempo” da pessoa jurídica”, disse.

A subsecretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Marina Esteves, presente ao encontro, garantiu o apoio do Governo do Estado.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp 'Centro do Rio tem condições de ser o maior Distrito de Inovação do Brasil', segundo especialista
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui