Cerca de 76% dos empreendedores do RJ utilizam o Pix para vendas

Mudanças do Banco Central trazem vantagens para o empreendedor

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Shutterstock

O Pix revolucionou o modo de realizar transações bancárias. Recentemente, o Banco Central adotou novas medidas como a extinção do limite individual por transação, a personalização do horário noturno e o aumento dos valores das modalidades Pix Saque e Pix Troco. Para os pequenos negócios, essas mudanças podem ser positivas, aumentando sua eficiência e reduzindo custos financeiros. Hoje, no estado do Rio de Janeiro, cerca de 76% das empresas utilizam a ferramenta como meio de pagamento. Apenas 24% ainda não utilizam o Pix para receber pagamentos.  

As novas regras permitem um pouco mais de liberdade para quem utiliza o Pix, já que agora os bancos não são mais obrigados a impor um limite de valor por transação. Agora, esse limite é determinado por um período de tempo, facilitando as compras de valores maiores”, destaca Matheus Rodrigues, analista do Sebrae Rio

Dos pequenos negócios que apostaram nas vendas pelo PIX, 27% alegaram que as vendas on-line representaram até 25% de todo o faturamento da empresa. Já 43% disseram que esse modelo já compõe de 25% até 50% do rendimento. Catorze por cento explicaram que as vendas por meios digitais constituem de 51% até 75% da receita. Dezesseis por cento afirmaram que representam mais de 75% da sua arrecadação. 

O aumento dos limites do PIX Saque e PIX Troco, que passam de R$ 500 para R$ 3 mil e durante a noite de R$ 100 para R$ 1 mil, pode auxiliar a atrair mais clientes para os pequenos negócios que utilizam dessa ferramenta como mais um diferencial competitivo diante dos seus concorrentes”, complementa Matheus. 

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Vantagens das novas funcionalidades do Pix 

  • A base para definir os limites quando o PIX for usado para uma compra passa a ser o limite que o mesmo cliente tem no TED, e não mais no cartão de débito. 
  • Escolha do horário noturno vira uma opção que pode ser customizada por parte dos bancos, geralmente, o horário noturno fica entre 20h e 6h, mas a instituição financeira pode oferecer aos clientes a possibilidade de mudar esse horário para entre 22h e 6h. 
  • Muitas pessoas preferem realizar pagamentos eletrônicos em vez de usar dinheiro em espécie, o PIX pode ajudar a atrair mais clientes para os pequenos negócios.
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cerca de 76% dos empreendedores do RJ utilizam o Pix para vendas

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui