Cervantes volta a funcionar em outubro, depois de fechar as portas por causa da pandemia

Antônio Rodrigues, dono do Belmonte, é o responsável pela recuperação do Cervantes. Ele também recuperou o Amarelinho da Cinelândia e o Nova Capela

Maravilhoso sanduíche do Cervantes / Foto: Reprodução

Os órfãos do Cervantes já podem festejar. Fechado, em março de 2021, por conta da pandemia, o bar e restaurante reabrirá as portas, em outubro, graças à Antônio Rodrigues, proprietário do Belmonte. Ele também foi o responsável pela recuperação do Nova Capela e do Amarelinho da Cinelândia. As informações são do jornal O Globo.

O melhor sanduíche da madrugada carioca voltará com toda a carga e sem qualquer tipo de mudança. Reabririrá sendo o que sempre foi, atraindo um público variado e fiel. Os frequentadores do Cervantes votarão a comer o tradicional sanduíche de patê.

Desde 2013, o Cervantes é Patrimônio Cultural Carioca. Na boêmia Copacabana, o bar é uma referência em matéria de vida noturna, especialmente das madrugadas. Seus frequentadores dizem que a cerveja trincando do Cervantes é a melhor do bairro. Melhor do que isso, só mesmo um sanduíche de pernil com abacaxi e queijo, acompanhado de uma cerveja estupidamente gelada.  

Nada mudou e o Cervantes continua do mesmo jeito e no mesmo lugar, na Avenida Prado Júnior 335, Copacabana.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Sou muito fã, frequento agora a loja da Barra mas já vou marcar a resenha com meus irmãos Penedo. Que pena que não vamos ter mais a presença do nosso querido amigo Juan.

    Luiz Penedo

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui