Cesta básica apresenta queda pelo segundo mês consecutivo, segundo Associação de Supermercados do RJ

A capital, que já esteve na segunda posição entre as cestas mais caras do país, em março deste ano, agora está em quarto lugar

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto de Pixabay: https://www.pexels.com/pt-br/foto/bomboneria-264636/

O custo da cesta básica no Rio de Janeiro teve um recuo de 0,82% em agosto, pelo segundo mês consecutivo, como já ocorrera em julho (queda de 1,3%), chegando a R$ 717,82. A capital, que já esteve na segunda posição entre as cestas mais caras do país, em março deste ano, agora está em quarto lugar, de acordo com a pesquisa mensal do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), realizada em 16 capitais.

Assim como em julho, o destaque no Rio de Janeiro foi para a queda do preço da batata, explicado pelo bom ritmo de colheita, do tomate, pela maior oferta, e do óleo de soja, diante do aumento da disponibilidade da soja e demanda reduzida. Também caiu de preço na capital fluminense o feijão preto, diante da maior oferta, e o café, apesar da preocupação com a oferta mundial do grão, que se refletiu nos preços externos, e no clima mais seco no Brasil, que pode comprometer a oferta futura.

Por outro lado, o preço do pão francês e da farinha de trigo mantiveram trajetória de alta, diante da geada no Sul do país que prejudicou a lavoura de trigo e reduziu ainda mais sua oferta. 

O presidente da ASSERJ, Fábio Queiróz, acredita que a redução deverá se manter nos próximos meses: “fatores conjunturais como a guerra na Ucrânia e de safra elevaram muito os preços no primeiro semestre. É difícil que isso se repita continuamente, mas devemos, ver, sim, um arrefecimento dos preços de forma geral nos próximos meses”. 

Advertisement

Leia também

Empresa é condenada pela Justiça por desabamento de edifício na Cinelândia em 2012

Entenda a dinâmica da restrição de caminhões na Avenida Brasil a partir de março

No acumulado do ano até agosto, a alta de preços da cesta básica carioca (+7,7%) foi a terceira menor do país, superior apenas a Vitória (+5,3%) e Belo Horizonte (+5,5%). 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cesta básica apresenta queda pelo segundo mês consecutivo, segundo Associação de Supermercados do RJ

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui