Chef João Diamante inaugura seu Gastrobar, batizado de Diamante, na Tijuca

A proposta do estabelecimento é revolucionar a culinária brasileira, oferecendo petiscos e pratos preparados com miúdos e "carnes de segunda" com uma abordagem contemporânea

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

O chef João Diamante está lançando seu mais recente empreendimento gastronômico, o Gastrobar Diamante, na Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A proposta do estabelecimento é revolucionar a culinária brasileira, oferecendo petiscos e pratos preparados com miúdos e carnes de segunda, como moela, língua e coração, com uma abordagem contemporânea.

Após suas inspiradoras viagens por locais como África Ocidental, Paris e Espanha, o chef Diamante traz para seu novo estabelecimento técnicas e sabores de todo o mundo, fundindo-os com a autenticidade da culinária brasileira. O resultado é uma gastronomia descontraída, que valoriza os produtos nacionais, proporcionando uma experiência culinária repleta de sabor e sofisticação.

“Nós vamos privilegiar os miúdos em preparos mais elaborados e cheios de sabor. Nossos petiscos e pratos são releituras de clássicos, com as ‘carnes de segunda’ e os produtos nacionais em destaque. Usamos carnes que as pessoas falam que são de segunda, mas isso não existe. Com técnica e conhecimento, são transformadas em iguarias.” revela o chef João Diamante.

Advertisement

No cardápio, entre as opções de entrada, destacam-se os Palitos de Pão de Queijo da Casa, servidos com manteiga de alho negro, pão tostado e caponata de maxixe, quiabo e jiló (R$38). No quesito Bolinhos, o menu oferece ousadas criações, como o Croquete de Rabada, recheado com rabada desfiada bem temperada (R$38); a Coxinha de Vatapá, recheada com molho de vatapá e camarão (R$38); e o Bolinho de Joelho de Porco, feito com joelho de porco desfiado, bem temperado, servido com limão à parte (R$39).

Para compartilhar, o Gastrobar Diamante oferece opções que agradarão a todos os paladares. Entre elas, destacam-se o Hommus de Feijão Fradinho, pasta de feijão fradinho bem temperada acompanhada de torradas de pão pita temperadas (R$39); a Barriga de Porco, deliciosa e crocante com molho de goiabada (R$45); o Tempurá de Sardinha, sardinhas crocantes servidas com molho tártaro da casa (R$45 – 3 unidades); o Tartare de Carne de Sol, com carne de sol produzida na casa, acompanhado por fritas de mandioca e aioli de manteiga de garrafa (R$48); a Língua Bovina Braseada, macias e saborosas, servidas com molho oriental e cesta de pães de fermentação natural (R$52); a Moela Bourguignon, uma releitura do famoso clássico numa versão contemporânea, acompanhada por cesta de pães de fermentação natural (R$58); e a Pipoquinha de Coração, corações de galinha empanados e fritos servidos com molho tártaro (R$40).

Já nos pratos principais, não faltam opções, como a Carne de Sol, curada e produzida na casa com molho de melado de cana, servida com creme de mandioca, manteiga de garrafa, quiabo tostado e picles de maxixe (R$95); o Camarão Cremoso, temperados e saborosos camarões em molho cremoso, servidos com arroz branco, farofa da casa e fritas de mandioca (R$85); a Costela Bovina, uma deliciosa porção de costela ao molho demi-glace, purê de abóbora com hortelã e crispe de couve (R$95); e o Nhoque de Aipim, nhoque de aipim com molho de rabada, supreme de laranja e um toque de agrião fresco (R$75).

E para a sobremesa, o estabelecimento oferece tentadoras opções, como o Bolo Chocolatudo, quente e molhadinho, creme de cumaru, ganache de chocolate, caramelo, tuile de cacau e um leve toque de flor de sal (R$35); e o Bolo de Coco Gelado, molhadinho e saboroso, acompanhado por creme de gengibre, sorvete de dendê e tuile de coco queimado (R$30).

O bar do Gastrobar Diamante não fica para trás, com receitas autorais que priorizam bebidas e produtos brasileiros. Entre as criações do bartender Jorge Salcedo, destacam-se o Cajumaru, um espumante brut com infusão de caju com cumaru (R$39); o Sossego, uma combinação de mate, cachaça prata e maracujá (R$28); o Traçado baiano, uma releitura de rabo de galo com infusão de café e laranjas, cachaça envelhecida e licor 43 (R$30); a Amazônia Mineira, que combina cupuaçu com doce de leite, vodka, nibs de cacau e um toque de flor de sal (R$38); e o Diamante Mule, uma releitura de Moscow Mule com maracujá, xarope de banana, tequila, cachaça de jambu e espuma de cerveja IPA (R$39).

O Gastrobar Diamante oferece um ambiente acolhedor e convidativo, com capacidade para 70 pessoas. A cozinha, aberta ao público, é um dos destaques da decoração, juntamente com um charmoso bar. Os clientes são cativados por uma parede de pedras ao redor da cozinha e um letreiro em LED que diz: “Nós somos o carvão, o diamante é você”.

Uma característica notável do estabelecimento é a equipe, composta em grande parte por alunos do projeto “Diamantes na Cozinha” que promove transformação social e oportunidades por meio da gastronomia.

Serviço: GastroBar Diamante

  • Rua Visconde de Itamarati, 42 – Tijuca
  • Tel: 21 97361-1382
  • Horário de Funcionamento: Terça a quinta-feira : 17h às 23h / Sexta-feira e Sábado: 12h às 00:00 / Domingo: 12h às 20h
  • Obs: Em dias de jogos e feriados esses horários podem mudar.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Chef João Diamante inaugura seu Gastrobar, batizado de Diamante, na Tijuca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui