Chuva forte afeta captação de água no Guandu e sistema opera com 75% da capacidade

Segundo nota da Cedae, foi preciso reduzir a operação da ETA de forma gradativa a partir das 2h08 deste domingo (14/01)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O temporal que castigou a capital fluminense e a região metropolitana do estado também afetou a captação de água que chega à Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo nota da Cedae, foi preciso reduzir a operação da ETA de forma gradativa a partir das 2h08 deste domingo (14/01). A chuva causou alterações na água bruta que chega a estação, fazendo com que o sistema opere com 75% da capacidade.

Técnicos da empresa monitoram as condições da água bruta, e a operação da ETA será retomada assim que as condições do manancial voltarem à normalidade, disse a Cedae.

No sábado (13/01), a Cedae precisou interromper a operação das represas do Sistema Acari. A medida emergencial foi tomada tabém para controlar a qualidade da água captada.

No mesmo dia,  a produção de água para o distrito de Muriqui, em Mangaratiba, também foi suspensa pelo mesmo motivo.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Chuva forte afeta captação de água no Guandu e sistema opera com 75% da capacidade
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui