Claudio Castro diz que irá ao STF para rever dívida do RJ com a União

O anúncio foi feito após uma reunião com deputados federais do Rio de Janeiro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Cláudio Castro - Foto: Divulgação/Governo do RJ

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), afirmou nesta segunda-feira (11/03) que vai entrar com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) contra os juros cobrados pela União sobre a dívida do estado.

O anúncio foi feito após uma reunião com deputados federais do Rio de Janeiro. Os congressistas devem também discutir um projeto de lei para que altere a forma de cobrança de juros pelo governo federal.

Desde as primeiras renegociações, na década de 1990, o valor da dívida do Rio de Janeiro com a União era de R$ 13 bilhões. Já pagamos R$ 153 bilhões da dívida [trazidos a valor presente], sendo cerca de R$ 107 bilhões correspondentes a juros e encargos. E mesmo pagando R$ 153 bilhões ainda estamos devendo R$ 188 bilhões hoje. Isso mostra de fato como precisamos rever urgentemente a metodologia de atualização da dívida dos estados”, disse Castro.

A intenção de questionar os juros na Justiça já havia sido anunciada por Castro em dezembro. Na ocasião, ele afirmou que sua tese para questionar a cobrança havia recebido a concordância de cinco ministros do STF.

Advertisement

O governador afirma ter elaborado a tese de que, por não ser uma instituição financeira, o governo federal não poderia cobrar juros, mas apenas a atualização financeira do passivo até o limite da inflação.

Atualmente, o acumulado da dívida está avaliado em R$ 188 bilhões. Neste ano, o orçamento estadual prevê o pagamento de R$ 4,5 bilhões apenas em juros —o valor representa mais da metade do déficit de R$ 8,5 bilhões previsto para 2024 no estado.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Claudio Castro diz que irá ao STF para rever dívida do RJ com a União
Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. Para que o governador vai ao STF pra negociar divida de juros. Para fazer o que fez com a venda da CEDAE e melhor ficar onde esta quieto para não passar vergonha essa divida vai rolar anos e anos e ficamos na mesma de pires na mão. Solução pare de superfaturar obras e colocar mais dinheiro no estado e não ficar de chorro atoa.

  2. Governador: A renegociação foi nefasta e prejudicial ao Rio, foi uma calamidade o que fizeram, deixaram o Rio de pires na mão, alguém tem que ser responsabilizado por isso…Epa, peraí, fui eu que mesmo que assinei… Ashuashuashua Somos todos idiotas…?????

  3. A União tira os bilhões do petróleo e gás do Rio de Janeiro e ainda quer que o Rio pague as tais dívidas?!
    Rio de Janeiro independente do Bostil já!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui