Claudio Castro ganha sobrevida política – Bastidores do Rio

Teresa Bergher não deve ser candidata em 2024; desalento com a decisão do Judiciário sobre o Pão de Açúcar; as péssimas entrevistas de Ramagem e Tarcísio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Prefab
Nos votos pela absolvição da chapa de Cláudio Castro no TRE, foi dito que pesquisas o mostravam ganhando no primeiro turno. A única que acertou foi a Prefab Future; as outras mostravam um segundo turno.

Sobrevida
A decisão do TRE dá sobrevida aos investigados, mas o voto do presidente da casa dá munição ao MPE quando for ao TSE.

Sobrevida II
O recurso deve ser apresentado no final de junho, após os embargos obrigatórios. Aí, até ser votado…

Sobrevida III
Seria a mesma situação se tivessem decidido pela cassação. A diferença é que governador, vice e Bacellar saem mais fortes.

Advertisement

Aposentadoria
A vereadora Teresa Bergher não será candidata a vereadora nesta eleição.

Aposentadoria II
Aumentam muito as chances de Vinicius Cordeiro e Talita Galhardo serem eleitos pela federação PSDB-Cidadania.

Desalento
A decisão do Judiciário de embargar, novamente, as obras da Tirolesa do Pão de Açúcar é de desanimar qualquer investidor no Rio de Janeiro.

Desalento II
Os motivos, inexistentes, mostram que hoje não se poderia fazer um Cristo Redentor ou mesmo o Bondinho no próprio Pão de Açúcar.

Oi?
Em sua entrevista ao jornal O Globo, o Delegado Ramagem, quando perguntado sobre o fato de seu aliado, o governador Cláudio Castro, também ter gasto dez milhões no show da Madonna, respondeu que ele apareceu menos que Eduardo Paes.

Oi? II
Qualquer um que entende de política vê que ele não sobrevive a um debate ou entrevista mais dura. Isso não tem relação ao fato dele ser ou não político.

Sou o bom
Já na entrevista de Tarcísio Motta, este criticou Ramagem por ser candidato dos bolsonaristas e Paes do Temer. Ou seja, só sobra quem já vota nele.

Porto Maravilha
Levantamento inédito realizado pelo Sinduscon-Rio, em parceria com a Brain, empresa de pesquisa e consultoria em negócios, mostra que 62% das unidades residenciais lançadas no primeiro trimestre de 2024 estão concentradas no Porto Maravilha. Em seguida, Tijuca, com 32%; Copacabana, 3%; Leblon e Botafogo, com 2% e 1%, respectivamente.

Porto Maravilha II
Na lista dos bairros mais “cool” do mundo, pela revista Time Out Londres, o Porto Maravilha segue em alta também no ranking das unidades vendidas por bairro no 1T24, com 55% de participação. Na sequência, Barra da Tijuca, com 23%; Centro, com 7%; Tijuca, 6%; Botafogo, Copacabana, Flamengo e Ipanema, com 2%; e Leblon, com 1%.

Porto Maravilha III
Os números foram apresentados pelo presidente do Sinduscon-Rio, Claudio Hermolin, durante o Morada Day, nesta quinta-feira, 23. “O Porto Maravilha, que até bem pouco tempo não tinha representatividade alguma para o segmento, é, hoje, protagonista e maior lançador de imóveis da cidade. O comportamento do mercado mudou e o bairro, sem dúvidas, é uma área de grandes oportunidades”, destacou.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Claudio Castro ganha sobrevida política - Bastidores do Rio
Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. 1 BILHÃO foi o que custou pra eleger o Cláudio Castro.

    UM BILHÃO! Com B de bola.

    1 BILHÃO pra eleger um cara que não prometeu nada e entrega exatamente o que ele prometeu: NADA.

    Um não-governador. Fraquissimo. Fazem dele de gato e sapato.

    UM E-S-C-A-R-N-I-O!

  2. Claudio Castro não está querendo mudanças na questão dos royalties do petróleo e gás para beneficiar o estado Fluminense. Por isso ele não vai cair. Governadores do Rio só caem se mexerem nesse vespeiro. A burocracia/finanças paulistas que é quem manda nos lucros do petróleo e gás Fluminense já deram o recado quando colocaram Cabral, Pezao e Garotinho na cadeia quando esses quiseram as mudanças dos royalties do petróleo e gás Fluminense.

  3. Oi?
    Em sua entrevista ao jornal O Globo, o Delegado Ramagem, quando perguntado sobre o fato de seu aliado, o governador Cláudio Castro, também ter gasto dez milhões no show da Madonna, respondeu que ele apareceu menos que Eduardo Paes.

    Esse tal RAMAGEM, não tem chance nenhuma de administrar o RIO.
    Acredito num CRIVELLA II e o RIO não quer mais.
    Quem é esse cara?

    Desalento
    A decisão do Judiciário de embargar, novamente, as obras da Tirolesa do Pão de Açúcar é de desanimar qualquer investidor no Rio de Janeiro.

    ESTÁ DIFICIL É MUITO DIFICIL DEPENDER da JUSTIÇA e como disse, é desanimador para os investidores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui