Cláudio Castro monta estratégia contra ações de vândalos no Estado

Cláudio Castro destacou que a sua ida à capital federal reafirma a necessidade de unificação nacional e consolidação do apaziguamento social

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Autoridades reunidas em Brasília com o presidente Lula/ Divulgação

O governador Cláudio Castro (PL) esteve em Brasília, nesta segunda-feira (09/01), em reunião com governadores e representantes das 27 unidades federativas e os presidentes da República e do Supremo Tribunal Federal, em razão dos ataques de vandalismo ocorridos no Congresso Nacional, no Palácio do Planalto e no Supremo Tribunal Federal (STF), no último domingo (8).

Cláudio Castro destacou que a sua ida à capital federal reafirma a necessidade de unificação nacional e consolidação do apaziguamento social necessários para que o Brasil volte a caminhar rumo ao desenvolvimento.   

“É um momento importante para mostrar maturidade política dos governadores que vieram em massa em apoio suprapartidário à democracia e às instituições. O país precisa ser unificado e os governadores deram um sinal de união federativa,” disse Cláudio Castro após a reunião em Brasília.

Após o encerramento da reunião, as autoridades presentes dirigiram-se ao prédio do STF para verificar os danos impingidos ao patrimônio público, especialmente no interior da edificação e plenário, ambientes que foram praticamente destruídos.

Advertisement

Leia também

25 castelos do Rio de Janeiro que contam a História do Brasil

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

Para que atos semelhantes não ocorram no Rio de Janeiro, o governador se reuniu com representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário para a realização de um monitoramento em tempo real, de vias e prédios públicos e privados.

Na parte da manhã, Cláudio Castro se reuniu os secretários de Estado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), para determinar que as forças de segurança monitorem as movimentações de manifestantes no Rio de Janeiro para evitar ataques ao patrimônio público e privado do Estado. O CICC não registrou nenhuma ação violenta no território fluminense.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cláudio Castro monta estratégia contra ações de vândalos no Estado

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui