Cláudio Castro ouve propostas de auditores fiscais para os próximos quatro anos, durante encontro no Centro do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

O governador Cláudio Castro, candidato à reeleição ao Governo do Estado, recebeu cerca de 100 auditores fiscais, nesta quarta-feira (24/08), no Centro do Rio, para ouvir as propostas do fisco fluminense para o próximo quadriênio (2023-2026). Durante a reunião, Castro explicou que, para dar início ao processo de recuperação do Estado, além de implementar medidas estruturantes, como a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e a concessão da Cedae, fortaleceu o trabalho da equipe da Secretaria de Fazenda para garantir a retomada da economia. E o resultado foi a arrecadação de R$ 2,9 bilhões a mais em receitas tributárias brutas do que no mesmo período de 2021.

“Quando assumi, em agosto de 2020, tínhamos um déficit previsto de R$ 6,2 bilhões, não havia dinheiro para pagar as três folhas de pagamento do fim do ano e corríamos o risco de ter que fechar os hospitais no meio da pandemia. Felizmente, contando com a competência e o compromisso de vocês, nossos auditores fiscais, conseguimos virar esse jogo: honramos todos os compromissos e ainda terminamos o ano com R$ 800 milhões em caixa. Por isso, o sentimento que me traz aqui hoje é de gratidão. Nenhum Estado funciona bem se a sua Receita não funcionar bem, por isso conto com o trabalho de vocês para continuarmos levando o Rio de Janeiro de volta ao lugar que ele merece, de destaque”, afirmou Cláudio Castro.

Compromisso: concluir quitação de pagamento por metas 

Dentre as medidas realizadas por seu governo para melhorar a capacidade arrecadatória, Castro citou, em especial, a valorização profissional dos auditores. Durante a sua gestão, o governador autorizou 198 promoções funcionais, das quais grande parte se encontrava retida há cinco anos, e avançou no passivo referente à Prestação Pecuniária Eventual (PPE), benefício concedido por lei aos servidores da Secretaria de Fazenda pelo cumprimento de metas.

Foi efetuado, até o momento, o pagamento de R$ 135 milhões, restando apenas a última parcela, no valor de R$ 133 milhões, que está prevista ainda para este ano. Para seguir fortalecendo a capacidade tributária do Estado, Cláudio Castro garantiu no Regime de Recuperação Fiscal a realização de um novo concurso público, que vai oferecer 30 vagas para auditores fiscais.

Advertisement

Leia também

Rio terá observatórios para estudos climáticos; 1º será no Complexo do Alemão

Balão é ‘abatido’ antes de cair no Aeroporto do Galeão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cláudio Castro ouve propostas de auditores fiscais para os próximos quatro anos, durante encontro no Centro do Rio

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui