Cláudio Castro promete criar centros regionais de acolhimento a crianças com autismo

Governador fez o anúncio durante visita à Favo de Mel, unidade da Faetec que capacita jovens com deficiência

Foto: Rafael Campos

O governador e candidato à reeleição ao Governo do Rio, Cláudio Castro (PL), anunciou, nesta terça-feira (13/09), que criará os Centros Regionais de Acolhimento a Crianças com Transtorno do Espectro Autista. As unidades vão contar com equipes multidisciplinares, capazes de realizar o diagnóstico precoce da síndrome e desenvolver o melhor tipo de abordagem de atendimento para cada criança. A princípio, serão construídos 10 centros, que já estão em fase de licitação. O anúncio foi feito durante um encontro com mães de alunos da Favo de Mel, unidade especial da Faetec que capacita jovens com deficiência.

As mães e os pais de crianças com deficiência têm um lema que diz “enquanto os demais preparam os seus filhos para o mundo, nós temos que preparar o mundo para os nossos filhos”. Durante toda a minha vida pública, sempre procurei ajudar essa nobre missão, tendo trabalhado pela criação da lei que reconheceu o autismo como deficiência. Agora, vou inaugurar os centros regionais de acolhimento para ampliar a oferta ao diagnóstico precoce, nos primeiros anos do desenvolvimento, e oferecer o melhor atendimento para que cada criança possa ter uma vida mais plena“, afirmou Cláudio Castro.

A Favo de Mel promove, há 26 anos, a inclusão social, capacitando jovens com deficiência para o mercado de trabalho. Atualmente, a unidade atende 130 alunos em cursos de auxiliar de cozinha, auxiliar administrativo, auxiliar de jardinagem, contínuo e cumim (auxiliar de garçom). Na reunião, o governador ouviu as demandas das mães, falou sobre a importância da Favo de Mel e anunciou que pretende levar o projeto para todo o Rio de Janeiro. 

Foto: Rafael Campos

Todo mundo sabe o amor e o carinho que eu tenho pela pauta da pessoa com deficiência. Como governador, investi na melhoria da estrutura da Favo de Mel e agora vou levar 14 equipamentos vocacionais como esse para todo o Estado do Rio. Investir na capacitação desses jovens permite com que eles possam ter uma atividade profissional, o que ajuda muito no seu desenvolvimento” , concluiu.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui